Esportes

Série B

Para João Paulo, não dá mais para esperar as vitórias

Criciúma enfrenta o Juventude nessa terça-feira, dia 15, às 21h30 no Majestoso

15
MAI
2018
| 08h39
08h39
Rafaela Custódio
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
CAIO MARCELO/CEC

O discurso no Criciúma não muda há cinco rodadas. São cinco derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro da Série B. Dessa vez, o atacante João Paulo afirma que o grupo de jogadores já vem conversando e sabe que precisa conquistar pontos. 

A chegada do técnico Mazola Júnior ao clube faz com que o grupo tenha um novo recomeço. Na visão do atacante, o Tigre precisa somar pontos. “Os jogadores estão devendo, assim como devemos para o Argel e agora com a chegada do Mazola a gente tem que começar a ganhar. Conversando com alguns atletas, a mentalidade nossa está de vencer terça-feira. Não dá para esperar mais”, ressalta. 

Na opinião de João Paulo, o novo técnico é mais tranquilo nos treinos em relação ao antigo comandante, Argel Fucks. “Cada técnico tem seu jeito. O Argel era mais cobrador, rude. O Mazola é mais tranquilo, gosta de chamar para conversar. São diferentes, sim”, relata. 

O atacante ainda considera que uma vitória mudará todo o ambiente e trará mais confiança ao grupo. “Uma vitória dará um animo totalmente diferente, acho que a confiança de muitos jogadores, assim como a minha voltará. A gente precisa ganhar. Aqui dentro de casa temos que jogar e vencer”, comenta. 

Jogo 

Criciúma e Juventude se enfrentam nessa terça-feira, dia 15, às 21h30, no estádio Heriberto Hülse, pela 6ª rodada da Série B. 

Para o confronto, o técnico Mazola Júnior precisará mexer na equipe. O meio-campista Elvis foi expulso após o término da derrota para o Guarani, na última terça-feira, dia 8. Já Sandro lesionado também não entrará em campo.

O time carvoeiro estará escalado com Luiz; Suéliton, Nino, Fábio Ferreira e Marlon; Liel, Jean Mangabeira, Eduardo e Alex Maranhão; João Paulo e Zé Carlos. 

Retrospecto 

As equipes já se enfrentaram em 28 confrontos. O Tigre conquistou nove vitórias, sete empates e 12 derrotas, marcando 32 gols e sofrendo 30.

Leia mais sobre: tigre, criciuma, juventude, série b
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Nações Shopping apresenta Exposição Internacional DragõesProtestos no Sul causam desabastecimento Atletismo reúne cerca de 200 estudantes na pista da Unesc e encerra JescFuncionária de laboratório criciumense fez parte de esquema de falsificação'Não saí de minha empresa para ser coadjuvante', Flavio Rocha em CriciúmaA Bela e a Fera no palco do Teatro Elias Angeloni, em Criciúma