InternetData CenterAssinante

Artur pronto para estrear pelo Criciúma: “é meu momento”

Lateral-esquerdo chegou por empréstimo do Internacional
Artur pronto para estrear pelo Criciúma: “é meu momento”
Foto: Fernando Ribeiro
Por Rafaela Custódio Em 11/07/2018 às 08:59

Para o próximo compromisso do Criciúma diante do Goiás, na sexta-feira, dia 13, às 20h30, no estádio Olímpico, em Goiânia, o técnico Mazola Júnior precisará fazer ao menos duas alterações na equipe. O lateral-esquerdo Marlon e o atacante João Paulo estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e não poderão jogar a partida válida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na lateral-esquerda, é certo que Artur, que chegou recentemente por empréstimo do Internacional, fará sua estreia. Já no ataque o comandante ainda têm dúvidas.

Artur, de 23 anos, foi apresentado no Criciúma há quase um mês e, desde então, está esperando uma oportunidade para atuar com a camisa tricolor. “Agora é meu momento. Tenho que aproveitar da melhor forma possível para poder ajudar meus companheiros e ajudar o Criciúma”, comentou.

O defensor considera o Goiás um adversário difícil, mas afirmou que o Criciúma pode somar pontos em Goiânia. “Sabemos que é uma grande equipe, mas a gente sabe o que pode fazer e trazer pontos de lá ou até a vitória”, ressaltou.

O Criciúma vai enfrentar seu ex-atacante - Lucão – que já marcou sete gols na competição. Artur confessou que é preciso cuidado especial com o atleta. “Quando se tem um jogador com a qualidade do Lucão, a gente sempre tem que estar ligado. É um jogador que briga muito com a zaga, não tem bola perdida pra ele. Temos que ter o máximo de cuidado possível”, observou.

Além de buscar a vitória e tentar sair da zona do rebaixamento, o Tigre também busca mais uma vitória longe do Heriberto Hülse. O Criciúma só venceu uma vez longe do Majestoso, contra o Avaí. “Sempre pensamos em buscar a vitória. O momento vai chegar e espero que o momento seja esse”, enfatizou.

O Tigre tinha como meta terminar o primeiro turno do campeonato entre os dez primeiros da competição, porém, faltam apenas cinco rodadas e o Criciúma está a nove pontos do 10ª colocado – Oeste. “Temos que pensar em sair da zona do rebaixamento primeiro, depois pensamos nas outras coisas. O pensamento é esse: sair dessa zona de desconforto”, finalizou.

Anúncio