InternetData CenterAssinante

Mazola Júnior é apresentado oficialmente como técnico carvoeiro

Treinador já teve o primeiro contato com os atletas e já comanda a equipe diante do Ju
Mazola Júnior é apresentado oficialmente como técnico carvoeiro
Foto: Mateus Mastela
Por Thiago Hockmüller Em 12/05/2018 às 19:31

Mazola Júnior foi apresentado na tarde deste sábado, dia 12, como técnico do Criciúma. Logo após o treinamento dos jogadores, comandado por Grizzo, ele participou de uma conversa com o grupo de atletas e na sequência concedeu entrevista coletiva para a imprensa.

Logo de cara, deixou claro que pretende dar sequência no trabalho que vinha sendo realizado por Argel e lamentou “resultados injustos” para o Tigre. “Faz parte da cultura do futebol brasileiro. Eu tenho certeza que vou herdar um trabalho bem feito. Infelizmente o resultado não veio, acho que o Criciúma teve resultados injustos. No futebol o que conta são pontos e vitórias. Chego com experiência na divisão e com oportunidade de abrir mercado no Sul do país em um clube grande. Meu perfil bate muito com o perfil do Criciúma”, explicou.

Mazola Júnior tem 53 anos e já e treinou equipes como Ituano, Sport, Paysandu e Vila Nova. Seu último trabalho foi no CRB. Apesar de não ter passagens pelo futebol catarinense, a rodagem permitiu ter trabalhado com atletas do atual elenco carvoeiro. “Já trabalhei com vários atletas aqui, o Liel, Zé Carlos, Elvis, Wallacer... não conheço mais a fundo a molecada, mas sei que tem um trabalho de base de muita qualidade aqui", afirmou.


Zé Carlos foi artilheiro do CRB de Mazola, em 2015. (FOTO: Divulgação)

Sobre esquema tático, ele pretende avaliar o elenco e deixar que os treinamentos definam o encaixe natural do time. "Gosto de brincar que tenho uma preferência pelo esquema 1-10 e quero evoluir para o 11-0. Tem uma transição muito grande em esquemas para ficar se baseando no 4-2-3-1, 4-3-3, 4-5-1, enfim, essa é uma nomenclatura que tem uma finalidade de variável e eu prefiro simplicar: vamos jogar no 1-10”, brincou o treinador.

Primeiro o grupo, depois as contratações

O novo técnico do Criciúma afirmou não ter uma lista de reforços e de jogadores de confiança. Este trabalho, segundo ele, fica a cargo do departamento de futebol cabendo a ele apenas o poder de veto nas contratações.

Em um primeiro momento, Mazola Júnior quer avaliar o plantel e dar confiança aos atletas. Para ele, este é o momento de erguer a moral do grupo, que vem de cinco derrotas consecutivas na Série B. “Esse assunto eu deixo mais para a diretoria. Nesse momento tenho que trabalhar e dar confiança para os que estão aqui. Não vejo o Criciúma muito abaixo das outras equipes da competição”, ponderou.

Ainda é o Zé do Gol

Sobre a parceria com Zé Carlos, que é ídolo do CRB, onde também foi atleta de Mazola, o novo comandante do Tigre foi enfático. “É um atleta que foi decisivo na permanência do CRB e precisa estar de bem com ele mesmo pra poder nos ajudar. Tenho um respeito muito grande por ele e sempre falo pra todos que ainda, dentro da área, o Zé Carlos é um dos melhores centroavantes desta divisão e vamos tentar recuperá-lo”, avaliou, lembrando de Lucas Coelho e João Pedro, que também podem contribuir com o Tigre.

O próximo compromisso do Criciúma é nesta terça-feira, dia 15, contra o Juventude. As duas equipes se enfrentam às 21h30, no Heriberto Hülse, já com Mazola Júnior na casamata.

Com o técnico, também foram contratados o preparador físico Roni e o auxlilar técnico Marcelo Dias.