Esportes

Arena da Baixada

Em jogo disputadíssimo, Tubarão perde mas faz história em Curitiba

Partida teve gols até os minutos finais

21
FEV
2018
| 21h46
21h46
Amanda Garcia Ludwig
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
SporTV

A torcida do Tubarão passou por muitos momentos de emoção na noite desta quarta-feira. A equipe do Sul de Santa Catarina enfrentou o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba, em um show recheado de gols: foram nove vezes que a bola balançou a rede na capital paranaense. O resultado não foi positivo para o Tubarão. A partida terminou em 5 a 4 para o Atlético-PR, mas ninguém pode dizer que o Peixe não lutou até o fim, já que o jogo teve gols até os momentos finais.

O primeiro tempo foi de 0 a 0 nos gramados da Arena, e algo nos vestiários mexeu com os jogadores. Na volta ao campo para a segunda etapa é que a emoção começou. O placar foi aberto aos 6 minutos de segundo tempo, com gol Bergson, do Atlético.

Quatro minutos depois, o Tubarão empatou pela primeira vez, com gol de Matheus Barbosa. Ele recebeu dentro da área e mandou uma cabeçada para marcar. Aos 18 minutos de partida, Batista aumentou para o Peixe. Matheus Rossetto, do Atlético, não quis ficar pra trás, e garantiu sua participação no jogo histórico, empatando pela segunda vez aos 24.

Com gol de pênalti, Guilherme aumentou para o Atlético. Ele fez a clássica paradinha e enganou o goleirão do Tubarão aos 31 minutos. Dois minutos depois, no entanto, Lucas Costa empatou novamente para o Tubarão, de cabeça, no fundo da rede.

O quarto gol do Tubarão veio aos 39 minutos de jogo. A virada aconteceu quando Daniel Costa recebeu na área e não perdeu a chance de marcar. Quando o torcedor começava a ficar aliviado, o Atlético empatou novamente com Thiago Heleno, que fez de cabeça aos 45 minutos da segunda etapa.

O time da casa aproveitou os cinco minutos de acréscimo para fugir dos pênaltis. Aos 47 minutos, Felipe Gedoz virou a partida pela última vez e garantiu a classificação do Furacão na Copa do Brasil, tirando a chance do Peixe.

Ficha técnica: Atlético-PR 5 x 4 Tubarão

Local: Arena da Baixada, em Curitiba

Cartão amarelo: Paulo André, Bergson (CAP)

Gols: Bergson, aos 6'2T; Matheus Barbosa, aos 10'2T; Batista, aos 18'2T; Matheus Rossetto, aos 24'2T; Guilherme, aos 31'2T; Lucas Costa, aos 33'2T; Daniel Costa, aos 39'2T; Thiago Heleno, aos 45'2T; Felipe Gedoz, aos 47'2T

 

Atlético-PR

Santos, Wanderson (Lucho González), Paulo André, Thiago Heleno, Jonathan, Matheus Rossetto (Felipe Gedoz), Raphael Veiga, Nikão, Guilherme, Thiago Carleto, Ribamar (Bergson)

Técnico: Fernando Diniz

 

Tubarão

Belliato, Marcos Vinícius (Romarinho), Jailton, Petterson (Lucas Costa), Jean, Matheus Barbosa, Everton Dias, Guilherme Amorim, Daniel Costa, Nikolas Farias, Batista (David Batista)

Técnico: Waguinho Dias

Leia mais sobre: tubarão, copa do brasil
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Galeria de fotos: mande a sua foto no clima da Copa do MundoTreviso recebe espetáculo gratuito nesta quinta-feiraIdosos são presenteados com violetasVilla: marca de Forquilhinha abre unidade no Nações ShoppingBaleias-francas antecipam a temporada 2018 de avistagensHilux roubada em Jaguaruna é recuperada no Arroio do Silva