InternetData CenterAssinante

PM vê problemas com faixas, bandeiras e radinho no estádio

Rádios foram liberados hoje. Materiais da torcida serão discutidos na quinta-feira
PM vê problemas com faixas, bandeiras e radinho no estádio
Foto: Eduardo Ventura / Rádio Super Santa
Por Denis Luciano Em 07/02/2017 às 19:44

Não bastasse estar sofrendo com o time dentro de campo na arrancada do Campeonato Catarinense, torcedores do Atlético Tubarão vem passando maus bocados nas arquibancadas do estádio Domingos Gonzales. Acontece que a Polícia Militar cogita a proibição de faixas e bandeiras do Batalhão Garra Tricolor (BGT), torcida que vem marcando presença nos jogos do Peixe em casa.

Na última rodada, diante do Avaí, no domingo, as faixas ainda estavam no espaço da torcida da casa, a exemplo do que ocorreu contra a Chapecoense. Porém, o posicionamento dos materiais não teria agradado aos policiais. Nesta quinta-feira, uma reunião na sede do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) vai tratar do tema.

Enquanto isso, a PM recuou hoje da decisão, posta em prática no último domingo, de não permitir o ingresso de torcedores no estádio carregando rádios portáteis. “Consultamos outros batalhões da PM, e também verificamos que historicamente o torcedor vai aos jogos com o rádio aqui em Tubarão e nunca houve problemas, então resolvemos liberar”, informou nesta terça-feira o tenente coronel Éder Martins, que comanda o 5º BPM.

O próximo jogo do Atlético Tubarão em casa será no dia 18 de fevereiro, contra o Joinville. Até o momento, a equipe somou apenas um ponto e está em último lugar no Catarinense. Nos seus domínios, o Tubarão perdeu as duas: 1 a 0 para a Chapecoense e 2 a 0 para o Avaí. Fora, empatou em 0 a 0 com o Metropolitano.