InternetData CenterAssinante

Para a arrancada decisiva, Tigre repete o time

Para a arrancada decisiva, Tigre repete o time
Foto: Fernando Ribeiro / Criciúma EC
Por Denis Luciano Em 10/10/2017 às 12:16

“Chegou a hora do vamos ver”. Assim o meia Alex Maranhão define os dez próximos jogos do Criciúma na Série B, na reta final da competição. “São dez partidas para definir o ano, e espero que a gente continue com esse pensamento vitorioso”, afirma.

Para sexta-feira, no próximo desafio tricolor no Campeonato Brasileiro, uma verdadeira prova de fogo contra o Paraná em Curitiba. O adversário é o time de melhor campanha em seus domínios e, jogando em casa, está invicto há onze jogos, ganhou os últimos oito e perdeu apenas uma vez no Durival de Britto. “É um grande adversário e que mostra muita força. Mas vamos lá jogar com personalidade”, acentua Maranhão.

A tendência é que o técnico Beto Campos repita diante do Paraná a escalação que venceu o Londrina no sábado por 2 a 1. A equipe vai então com Luiz, Maicon Silva, Nino, Édson Borges e Diego Giaretta, Barreto, Ricardinho, Caíque e Alex Maranhão, Lucão e Silvinho.

O zagueiro Raphael Silva voltou aos treinamentos mas segue fora. Ele não será relacionado contra o Paraná mas tem chances, ainda remotas, de aparecer entre os reservas no próximo compromisso em casa, dia 17, frente ao Vila Nova. “Vai depender da reação dele aos próximos treinos”, informa o preparador físico Márcio Corrêa.

Paraná x Criciúma jogam às 20h30min de sexta-feira na capital paranaense. O Tigre é oitavo com 42 pontos.

Leia mais sobre: