navegue nos blocos da capa

Esportes

Copa da Primeira Liga

Defesa vacila e Tigre perde para o Brasil de Pelotas

Time carvoeiro jogou bem, mas pagou caro devido a falhas individuais

14
FEV
2017
| 23h29
23h29
Marcelo De Bona
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Carlos Insaurriaga / Brasil de Pelotas

O Criciúma está eliminado da Copa da Primeira Liga. Jogando com um time alternativo, o Tigre surpreendeu e deixou uma boa impressão, mas acabou pagando caro por duas falhas individuais e perdeu para o Brasil de Pelotas, por 2 a 1. A partida foi disputada na noite desta terça-feira, no estádio Bento Freitas.

Com a segunda derrota em dois jogos disputados, o Criciúma não tem mais chance de avançar para a segunda fase da Copa da Primeira Liga. No dia 23 de fevereiro, às 21h30min, o Tigre recebe o Internacional no estádio Heriberto Hülse, no jogo de despedida da competição. O Inter é o líder do grupo A, com 6 pontos. Fluminense e Brasil, que se enfrentam no fechamento da 3ª rodada, aparecem dividindo a vice-liderança, com 3 pontos. O Tigre é o lanterna, sem nenhum ponto. Os dois primeiros da chave avançam para as quartas de finais.

O jogo

Apesar de atuar com um time novo e fora de casa, o Tigre demonstrou um bom futebol e comandou as ações na etapa inicial. As melhores investidas ao ataque do Criciúma foram pelo lado direito, com o lateral Carlos Eduardo. Aos 25, na melhor jogada do camisa 2, Carlos Eduardo cruzou da direita, Hélio Paraíba cabeceou, a bola desviou na zaga, e passou ao lado da trave.

Aos 30, Carlos Eduardo, que vinha sendo um dos destaques do jogo, foi tentar cortar um levantamento feito de longe na área e escorou com perfeição para Gustavo Papa. O experiente atacante, que havia entrado em campo após lesão de Bruno Lopes, não desperdiçou a oportunidade e chutou para a rede. No minuto seguinte, em falha do Brasil, o Criciúma teve a chance de igualar o placar. Leandro Leite furou e a bola sobrou limpa para Hélio Paraíba, de frente com o goleiro, mas o atacante desperdiçou a ótima chance e chutou em cima do camisa 1.

Aos 40, Bessa arriscou de longe e mandou uma bomba rente ao poste esquerdo. No entanto, em nova falha do time carvoeiro, o time da casa ampliou a vantagem. Aos 41, Tiago Silva cruzou da direita, Lucas foi interceptar de cabeça e mandou para o meio da área. A bola foi novamente para Gustavo Papa, que só teve o trabalho de testar para a rede. No último lance da primeira etapa, em cobrança de falta, Eduardo levantou a bola na segunda trave e Kalil mandou de cabeça no travessão.  

No início da segunda etapa, o Tigre teve outra boa oportunidade de balançar a rede. Aos 10, a bola foi cruzada na área, Kalil errou o cabeceio e a bola sobrou para Hélio Paraíba, na frente da trave, mas o atacante errou o alvo e chutou longe. Dez minutos mais tarde, Tiago Silva cruzou e a bola foi afastada pela zaga do Criciúma embaixo da trave, evitando o gol de Leandro Camilo.

Aos 24, em contra-ataque, Jean Silva partiu em velocidade e perdeu a chance de ampliar a vantagem do Brasil de Pelotas. Aos 38, após rebote, a bola sobrou para Lucas, que mesmo recebendo uma entrada de sola, chutou forte e mandou para a rede. Porém, o árbitro anotou falta e anulou o gol. Carlos Eduardo, que havia falhado no primeiro gol, foi para a cobrança e mandou no ângulo, diminuindo o placar.

Ficha técnica: Brasil de Pelotas 2 x 1 Criciúma

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Data: Nesta terça-feira, dia 14
Horário: 21h30min
Arbitragem: Felipe Fernandes Lima (MG), auxiliado por Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Marcus Vinícius Gomes (MG)
Cartões amarelos: Galiardo, Leandro Leite, Renan Oliveira e Evaldo (Brasil de Pelotas); Eduardo, Chico e Hélio Paraíba (Criciúma)
Gols: Gustavo Papa, aos 30’ e aos 41’ do 1º T (Brasil de Pelotas); Carlos Eduardo, aos 41’ do 2ºT (Criciúma)

Brasil de Pelotas
Carlos Eduardo; Wender, Evaldo, Leandro Camilo e Tiago Silva; Leandro Leite, Juninho (João Afonso), Galiardo e Aloísio (Renan Oliveira); Bruno Lopes (Gustavo Papa) e Jean Silva
Técnico: Rogério Zimmermann

Criciúma
Eduardo; Carlos Eduardo, Nino, Ianson e Chico (Nathan); Bessa, Lucas e Eduardo de Biasi (Flávio); Matheus (Alan), Hélio Paraíba e Kalil
Técnico: Raphael Bahia

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Acidente deixe motociclista feridoO dia em que os ônibus pararamPara os organizadores, oito a dez mil na greve geralNo Centro, a greve geral deu o seu recadoTrânsito parado na BR-101 em Içara e AraranguáSão Joaquim registra menor temperatura de abril em 20 anos