navegue nos blocos da capa

Esportes

Copa do Brasil

Altos, o primeiro piauiense no caminho do Tigre

Adversário tricolor na próxima quarta ainda não perdeu na temporada

17
FEV
2017
| 09h55
09h55
Denis Luciano
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

Pela primeira vez na história, o Criciúma vai enfrentar um time do Piauí. Será no Heriberto Hülse, na próxima quarta-feira, às 19h30min, em confronto da segunda fase da Copa do Brasil. A Associação Atlética de Altos é um novato de sucesso. Fundado em 2013, tornou-se profissional em 2015 e está invicto na atual temporada. A partida em Criciúma será a primeira da história do Altos fora da região Nordeste.

“Eles tem um investimento até alto para os padrões do futebol do Piauí”, observa o analista de desempenho do Criciúma, Bebeto Sauthier, que conversou com o Portal Engeplus do aeroporto, ainda em São Paulo, já que o Tigre está retornando de Santo André, onde venceu o Santo André por 1 a 0 ontem garantindo sua vaga.

O centroavante Manoel é o destaque da equipe, que investiu para estrear na Copa do Nordeste, e não está fazendo feio. Figura no difícil Grupo A, no qual fez três jogos e empatou os três, contra Bahia (0 a 0, no último domingo, em casa), Fortaleza (1 a 1, em casa) e Moto Clube (1 a 1, no Maranhão).

“Vamos aprofundar a análise do Altos hoje à tarde, já colhemos algumas informações. Temos que ficar de olho e espertos, pois parece ser um bom time”, pondera Bebeto. 

Uma ascensão
meteórica

Na sua estreia profissional, em 2015, o Altos foi campeão da Série B do Piauí. No ano passado, chegou na decisão da Série A estadual, perdendo a taça para o Ríver. Neste ano, além da boa arrancada na Copa do Nordeste, estreou com vitória no Campeonato Piauiense, 3 a 2 sobre o Piauí, e amanhã visita o 4 de Julho. Na Copa do Brasil, arrancou vencendo o CRB por 2 a 0. Logo, são cinco jogos em 2017, com duas vitórias e três empates.

Francisco Diá, profissional bastante conhecido no Nordeste, é o técnico do Altos, que estreou na Série D do Brasileiro no ano passado fazendo a melhor campanha geral da primeira fase, eliminando o América de Pernambuco na segunda etapa e só sendo desclassificado na terceira fase pelo CSA de Alagoas, que acabou vice-campeão. Ficou a dois jogos de subir para a Série C. Seu estádio é o Municipal Felipe Raulino, em Altos, com 3 mil lugares, mas na Copa do Nordeste vem jogando no Lindolfo Monteiro, na capital, Teresina, com capacidade para 12 mil torcedores.

Na Copa do Brasil, o regulamento muda na segunda fase e, em caso de empate no Majestoso, Cricúma x Altos será decidido nos pênaltis.

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Câmara x Prefeitura: É paz e amor ou não é?Impressões em 60 minutos - Hyundai Creta Prestige – 2017Um paraíso chamado Farol da SolidãoA promessa de um adversário complicadoFormaturas neste dia 20/02Mais de dois mil enfrentam o calor para ver o Tigre