navegue nos blocos da capa

Esportes

Copa do Brasil

Altos, o primeiro piauiense no caminho do Tigre

Adversário tricolor na próxima quarta ainda não perdeu na temporada

17
FEV
2017
| 09h55
09h55
Denis Luciano
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

Pela primeira vez na história, o Criciúma vai enfrentar um time do Piauí. Será no Heriberto Hülse, na próxima quarta-feira, às 19h30min, em confronto da segunda fase da Copa do Brasil. A Associação Atlética de Altos é um novato de sucesso. Fundado em 2013, tornou-se profissional em 2015 e está invicto na atual temporada. A partida em Criciúma será a primeira da história do Altos fora da região Nordeste.

“Eles tem um investimento até alto para os padrões do futebol do Piauí”, observa o analista de desempenho do Criciúma, Bebeto Sauthier, que conversou com o Portal Engeplus do aeroporto, ainda em São Paulo, já que o Tigre está retornando de Santo André, onde venceu o Santo André por 1 a 0 ontem garantindo sua vaga.

O centroavante Manoel é o destaque da equipe, que investiu para estrear na Copa do Nordeste, e não está fazendo feio. Figura no difícil Grupo A, no qual fez três jogos e empatou os três, contra Bahia (0 a 0, no último domingo, em casa), Fortaleza (1 a 1, em casa) e Moto Clube (1 a 1, no Maranhão).

“Vamos aprofundar a análise do Altos hoje à tarde, já colhemos algumas informações. Temos que ficar de olho e espertos, pois parece ser um bom time”, pondera Bebeto. 

Uma ascensão
meteórica

Na sua estreia profissional, em 2015, o Altos foi campeão da Série B do Piauí. No ano passado, chegou na decisão da Série A estadual, perdendo a taça para o Ríver. Neste ano, além da boa arrancada na Copa do Nordeste, estreou com vitória no Campeonato Piauiense, 3 a 2 sobre o Piauí, e amanhã visita o 4 de Julho. Na Copa do Brasil, arrancou vencendo o CRB por 2 a 0. Logo, são cinco jogos em 2017, com duas vitórias e três empates.

Francisco Diá, profissional bastante conhecido no Nordeste, é o técnico do Altos, que estreou na Série D do Brasileiro no ano passado fazendo a melhor campanha geral da primeira fase, eliminando o América de Pernambuco na segunda etapa e só sendo desclassificado na terceira fase pelo CSA de Alagoas, que acabou vice-campeão. Ficou a dois jogos de subir para a Série C. Seu estádio é o Municipal Felipe Raulino, em Altos, com 3 mil lugares, mas na Copa do Nordeste vem jogando no Lindolfo Monteiro, na capital, Teresina, com capacidade para 12 mil torcedores.

Na Copa do Brasil, o regulamento muda na segunda fase e, em caso de empate no Majestoso, Cricúma x Altos será decidido nos pênaltis.

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Os acordes que levaram até MoçambiqueNatação de Criciúma conquista três medalhas no Sul-BrasileiroCriciúma recebe curso de Socorrista e Resgatista ProfissionalCriciúma conquista três títulos na Copa ACRFinanciamento online é criado para auxiliar jovem no tratamento de doença raraApós briga, homem é esfaqueado no braço e na região do crânio