InternetData CenterAssinante

Criciúma demite quatro integrantes do departamento de futebol

Atualizada às 21h09min/Saída dos profissionais foi confirmada no início da noite desta terça-feira
Criciúma demite quatro integrantes do departamento de futebol
Foto: Fernando Ribeiro/www.criciumaec.com.br
Por Marcelo de Bona Em 14/04/2015 às 18:49

Atualizada às 21h09min/Em fase de reformulação, o Criciúma Esporte Clube demitiu nesta terça-feira quatro integrantes do departamento de futebol profissional. Não fazem mais parte do clube carvoeiro, o gerente de futebol Giuliano Bitencourt, o auxiliar técnico Wilson Vaterkemper, o fisiologista Cleber Medeiros, e o fisioterapeuta Alessandro Dal Pont. A saída dos quatro integrantes foi oficializada pelo Criciúma no início desta noite.

Wilson Vaterkemper trabalhou normalmente no clube nesta terça-feira, e foi pego de surpresa ao ser comunicado da decisão do clube ao retornar do Centro de Treinamento, no final desta tarde.

Nesta sua última passagem, Wilsão permaneceu por cerca de quatro anos e meio no estádio Heriberto Hülse. Em setembro de 2013, após dar início ao trabalho que culminou com a conquista do vice-campeonato do Tigre na Copa do Brasil Sub-20, Vaterkemper deixou a base e assumiu a função de auxiliar técnico. Na ocasião, para o lugar de Wilsão no time júnior, Luizinho Vieira, que hoje passa a ser o novo auxiliar técnico do clube, foi contratado.  

O anuncio oficial da promoção de Vaterkemper ao cargo de auxiliar técnico aconteceu em 14 de setembro de 2013. Durante o período, Wilsão chegou a comandar interinamente o time principal na Copa Sul-Americana e na Série A do Campeonato Brasileiro. Hoje, após exatos um ano e sete meses, o ex-zagueiro do Tigre, que disputou mais de 400 jogos com a camisa tricolor, foi informado da sua demissão.

“Me avisaram agora há pouco, quando retornava do Centro de Treinamento. Trabalhei pela manhã e a tarde, e fui comunicado quando retornei ao estádio depois do treino. Fui pego de surpresa, não imaginava, pois, com humildade, acho que desenvolvi muito bem a minha função. Minha vida inteira foi dentro do futebol, a principio, a minha intenção é permanecer no futebol”, revela Wilson Vaterkemper.

Assim como Wilsão, o fisiologista Cleber Medeiros também ficou sabendo da sua dispensa ao retornar do Centro de Treinamento. Esse foi o fim da terceira passagem de Medeiros pelo Criciúma. A primeira aconteceu entre 1998 e 2000, quando atuou na preparação física das mais diversas equipes das categorias de base, desde o infantil até o júnior.

Em 2003, Cleber retornou ao clube para trabalhar no time profissional, e permaneceu até 2004. O maior período de permanência de Cleber Medeiros no Majestoso teve início em 2009, e se encerrou no final desta tarde. “Estamos sujeitos a isso, faz parte do futebol. Agora vou tirar um tempo para descansar”, resume o fisiologista, que em alguns momentos também trabalhou como preparador físico.