Esporte Amador

Moleque Bom de Bola

Escola Ernani Cotrin é pentacampeã em Lauro Muller

Escola disputou a fase municipal e conquistou o título pela quinta vez consecutiva

11
ABR
2018
| 14h29
14h29
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

A Escola Engenheiro Ernani Cotrin do Distrito de Guatá, pela quinta vez consecutiva, conquistou o título da fase municipal do Campeonato Moleque Bom de Bola. Os jogos foram realizados pela Comissão Municipal de Esportes – CME, nessa terça-feira, dia 10, no Estádio José dos Reis Roque, no Centro da cidade.

No total, seis escolas do município participaram da competição, que garante vaga para a fase microrregional. No jogo decisivo a equipe da Escola Ernani Cotrin, comandada pelo professor Helton Gomes da Silva, sagrou-se campeã após vencer a Escola Municipal Hilário Pescador por 2 a 0. Em terceiro lugar ficou a Escola Emília Mamede Soares.

A entrega da premiação contou com a participação do presidente da CME, Jair Fernandes Madeira, além de outros integrantes da CME e escolas participantes.

“Este é um dos mais tradicionais campeonatos do município, que envolve alunos de nossas escolas, proporcionando mais lazer, educação e saúde. Mais de 120 alunos estiveram envolvidos participando ”, destacou o presidente da CME, Jair Madeira, parabenizando a equipe campeã e todas as demais envolvidas.

Colaboração: Assessoria de Comunicação Governo do Município de Lauro Müller

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Nações Shopping apresenta Exposição Internacional DragõesProtestos no Sul causam desabastecimento Atletismo reúne cerca de 200 estudantes na pista da Unesc e encerra JescFuncionária de laboratório criciumense fez parte de esquema de falsificação'Não saí de minha empresa para ser coadjuvante', Flavio Rocha em CriciúmaA Bela e a Fera no palco do Teatro Elias Angeloni, em Criciúma