InternetData CenterAssinante

Sábado foi de futebol para 150 crianças da região

O torneio tem o objetivo de fazer com que os atletas coloquem em prática os ensinamentos d
Sábado foi de futebol para 150 crianças da região
Por Redação Engeplus Em 25/11/2017 às 23:07

O sábado foi de muito futebol para 150 crianças da região Sul de Santa Catarina. A Oficina de Futebol do Bairro da Juventude, participante do Projeto Esporte e Lazer, apoiado pelo Ministério do Esporte, promoveu o 10º Torneio de Futebol Sub-11, que ocorreu no Complexo Esportivo da Esucri. A equipe Cedro Esporte Clube/Casa Lar levou o título da competição ao vencer o Projeto Futuro Bola pra Frente. Já a terceira colocação ficou com o Grêmio Fronteira.

Além dos times que conquistaram as primeiras colocações, também participaram das disputas Bairro da Juventude, Academia de Futebol Criciúma, CME Forquilhinha, Grupo Medeiros, Euro Barcelona, Craques de Amanhã/ Orleans e Mais que Vencedores.

O evento começou com uma cerimonia oficial às 8 horas, no Cine Teatro Itália do Bairro da Juventude, onde os garotos conferiram a apresentação da Orquestra de Metais da entidade, participante do Projeto GerAção de Talentos, apoiado pelo Ministério da Cultura, além da execução do Hino Nacional e o juramento dos atletas.

A cerimônia de abertura também foi marcada com emoção, os atletas receberam Luciano Antônio Flores, ex-aluno do Bairro e um dos primeiros atletas do torneio promovido há 10 anos. Emocionado, Flores, incentivou os jovens a perseguir no esporte. “Tudo que eu sei de futebol e tudo que aconteceu na minha vida profissional como atleta eu aprendi aqui no Bairro. Ser jogador não é fácil, muitas pessoas vão dizer que você não consegue, é necessário muito esforço, vontade, disciplina e focar em um objetivo. Fiquei três anos no Criciúma Esporte Clube, foi uma experiência que vou levar para a vida toda, tudo vale apena quando sonhamos. Talento prevalece somente com muito treinamento”, salientou.

De acordo com o diretor técnico e de projetos da instituição, Anézio Luiz de Souza, o Bairro prioriza o esporte e incentiva a prática entre as crianças. “Ficamos felizes em receber equipes da nossa região neste campeonato. Tudo foi preparado com muito carinho pela equipe do Bairro. Independentemente dos troféus e medalhas, todos os participantes são vitoriosos”, revelou o diretor.

O torneio tem o objetivo de fazer com que os atletas coloquem em prática os ensinamentos dos professores. “Queria que tivesse esses torneios todo o fim de semana, é muito bom jogar. Meu sonho é ser jogador de futebol e sei que esses campeonatos são fundamentais”, contou Cristhian Gabriel de Albuquerque Ramos, uma das crianças presentes no torneio.

Os atletas Lucas Jesuíno, do Projeto Futuro Bola pra Frente e Willian da Silva, do Grêmio Fronteira, ficaram com a artilharia da competição, ambos com cinco gols. Já os goleiros menos vazados foram Arthur Motta e Gustavo Ghisso, do Grêmio Fronteira, sem nenhum gol sofrido.

“Nossa maior intenção foi promover a interação das equipes de uma forma sadia. Esse estímulo faz bem para o crescimento da criança, tentamos motivá-las sempre. Foi um evento bem positivo e mais uma vez o Bairro da Juventude cumpriu seu papel social estimulando o esporte por meio da educação", finalizou o organizador do evento e técnico da equipe do Bairro da Juventude, Allan Rezende.