InternetData CenterAssinante

MR Darwini: do desejo de criar uma marca para um empreendedorismo de sete anos

Everton Maciel, de 25 anos, é o proprietário da marca e possui uma loja em Criciúma
MR Darwini: do desejo de criar uma marca para um empreendedorismo de sete anos
Foto: Rafaela Custódio
Por Rafaela Custódio Em 27/01/2020 às 09:46

Superação é a palavra que define Everton Maciel, de 25 anos, proprietário da empresa de vestuário MR Darwini. Natural de Criciúma, o empreendedor desenvolveu há sete anos a marca com seu amigo Jonas Rodrigues. Atualmente, está sozinho no empreendimento, que está localizada na rua Henrique Lage, na área central da capital do carvão. 

Ao olhar para um jovem de 25 anos com uma marca de vestuário própria e que existe há sete anos, muitas pessoas podem achar que tudo foi fácil na vida de Maciel. Porém, ele garante que não. Muitos problemas foram enfrentados ao longos dos últimos anos. 

“Quando pensamos em criar uma marca, imaginamos esporte chique. Mas, no início, vendíamos para pessoas que conhecíamos e continuamos trabalhando normalmente. Eu trabalhava como técnico em segurança do trabalho. Após alguns meses, Jonas deixou a marca para focar nos estudos e continuei com os negócios. Em 2013, deixei o emprego e foquei apenas na MR Darwini”, lembra. 

Se no início da MR Darwini, Maciel vendia as peças em algumas lojas de Criciúma e também para amigos, ele conta que começou a mudar seu foco. “Comecei a criar novas estampas, estilos e também aluguei uma sala próximo ao Terminal Central para poder vender minhas roupas. Toda decoração da loja fiz sozinho, mexi com cimento, tijolos e tudo mais. Aprendi tudo com vídeos na internet. O dinheiro para abrir a loja foi minha mãe Marta que emprestou. Foram R$ 3 mil e consegui pagá-la meses depois”, afirma. 

Os dias difíceis chegaram 

Maciel relata que passou por muitos dias difíceis, isto porque a marca enfrentou a crise do comércio, a greve dos caminhoneiros e as dívidas. “A marca, por muitos meses, não me sustentava, não dava tanto lucro. Conseguia pagar as despesas e isso me machucava muito. Era meu sonho todo dentro de uma loja, dentro de um empreendimento. Meu pai Agostinho não queria que tivesse saído do emprego de técnico em segurança. Como falaria em casa que não estava dando certo? Foram momentos difíceis, mas que superei”, garante.  

Os momentos difíceis da loja chegaram aliados a descoberta de um câncer em sua mãe. “Foi o momento mais difícil da minha vida. Abri a loja, trabalhava durante todo o dia e a noite ia para faculdade cursar Direito. Chegava em casa e cortava alguns tecidos da marca e tudo isso veio aliado a doença da minha mãe. Foi um momento muito triste e, ao mesmo tempo, reflexivo”, comenta. 

Maciel conta que sua mãe sempre incentivou a marca e isso fez com que ele não desistisse do empreendimento. “Várias vezes fechei a loja durante a tarde para ficar com ela, para tomar café ao lado da minha mãe. Mas, infelizmente, ela faleceu em 2017, três anos depois que descobriu o câncer. Foi muito difícil, mas continuei com a marca porque também era o sonho dela”, confessa. 

Dias de glória também vieram 

Após a morte de sua mãe, Maciel focou ainda mais no seu empreendimento. Ele concluiu a faculdade de Direito e também trocou sua loja de endereço para a rua Henrique Lage, no Centro de Criciúma. “Cheguei a ter uma loja em parceria com uma barbearia em Lages, porém, como era muito longe, acabei encerrando a parceria”, conta.

“Lancei uma campanha com o nome da minha mãe de trás para frente. ‘Atram’ foi o nome da linha que criei e que me ajudou muito no desenvolvimento da marca. Após esse lançamento, conseguimos pôr outros produtos no mercado. Atualmente, trabalhamos com camisas, camisetas, regatas, bermudas, bonés, tênis. São diversas peças para nossos clientes”, observa. 

A criação das estampas são realizadas pelo Maciel e também pelos ilustradores Jasemar Alfredo, Rafael Fernandes Gonçalves e Gabriela Ferraz. “Todos eles me ajudam a desenvolver as estampas e me trazem ideias para a MR Darwini”, explica. 

Rafael Portugal, Maicon Küster e outras celebridades começaram a utilizar MR Darwini

A marca MR Darwini ultrapassou Santa Catarina e chegou ao conhecimento de pessoas como Rafael Portugal. Ele é humorista e atua no programa ‘A Culpa é do Cabral’, no canal Comedy Central, e também no ‘Porta dos Fundos’. Além dele, Maicon Küster também utiliza a marca e até participou de uma campanha. 

“Por meio do e-commerce conseguimos alcançar pessoas de outras cidades e artistas. Isso nos ajudou muito, principalmente nas redes sociais, onde nós crescemos nos últimos anos. Atualmente, no Instagram possuímos mais de 20 mil seguidores”, cita. 

Futuro da MR Darwini

Maciel relata que, ainda em 2020, deverá abrir uma nova loja no bairro Próspera, em Criciúma. “Nossa intenção é possuir mais uma loja na cidade. Já em 2021, abrir a terceira loja em uma cidade vizinha, em Içara ou Forquilhinha. Mas também quero franquear a marca. São diversas ideias e esperamos desenvolvê-las ao longo dos próximos meses”, antecipa. 

Quer conhecer a MR Darwini? A loja está aberta de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas e aos sábado das 9 às 13 horas. Conheça as redes sociais (instagram). Telefones para contato (48) 9.9909-2245 | (48) 3045-1425.