InternetData CenterAssinante

Skate, música e amigos: o empreendedorismo da marca Rock City

Loja de roupas, tênis, acessórios e surf é referência em Criciúma e região
Skate, música e amigos: o empreendedorismo da marca Rock City
Foto: Rafaela Custódio
Por Rafaela Custódio Em 21/01/2019 às 13:52

Música, skate, surf, fotografia e arte. Desse conjunto de fatores nasceu a marca Rock City. Há nove anos com loja física, Sandro Zanatta, de 39 anos, é o proprietário do estabelecimento e busca no empreendimento um diferencial em Criciúma e região. Além disso, com os recursos da marca, ele patrocina 15 atletas, dez bandas e possui projetos sociais. 

Zanatta revela que a marca Rock City surgiu de suas experiências como skatista e também como músico. “A arte, fotografia, música, skate, enfim, sempre fizeram parte da minha vida e isso sempre caminhou lado a lado e influenciou no início da marca. Comecei a tocar bateria nos anos 90 e, assim como eu, meus amigos também sentiam a falta de uma marca de roupas e iniciou um projeto, mas que no começo se chamava Nu Gás”, lembra. 

O empreendedor recorda que ele e um amigo compraram um rolo de tecido e confeccionaram camisetas. “Nós vendíamos nos eventos. Mas a marca Rock City surgiu depois, por causa dos eventos na região. Nós trazíamos muitas bandas de rock para Criciúma, fazíamos diversas festas. Fizemos eventos com bandas americanas e as pessoas se perguntavam porque esses grupos grandes vinham para Criciúma e nós explicávamos que aqui era rock city e o bordão foi pegando. Assim nasceu a marca Rock City”, explica. “Além das bandas, vale ressaltar que Criciúma sediou o primeiro evento de skate do Brasil”. acrescenta. 

Natural de Urussanga, Zanatta comenta que ainda realiza eventos de skate na região. “Urussanga tem uma pista de skate e realizamos diversos encontros lá. Esse ano acontecerá a 25ª edição de encontro de skate. Nossa região sempre teve forte ligação com esportes radicais, músicas e arte”, afirma. 

“A Rock City faz parte da identidade da nossa região”
Sandro Zanatta 

A marca Rock City ganhou espaço físico em 2010, na Rua Anita Garibaldi, 118, na área central de Criciúma. “Naturalmente, a marca foi expandindo. Sempre tive uma história verdadeira com o pessoal do skate e surf. Enfim, comecei a notar que precisávamos de uma loja física e abri em 2010. Fizemos ações dentro da loja, trouxemos tatuadores, artistas, lançamos coleções, mas também valorizamos artistas da região e, principalmente, ações da região sul”, relata. 

Futuro 

A Rock City já é uma marca consolidada na região, porém, Zanatta ressalta que busca outros objetivos. “Sempre almejamos mais. Todos os dias pensamos em algo diferente. Queremos ser uma loja online a nível de Brasil. Essa é a maneira de facilitar para nossos clientes. Até em nossa região queremos inovar nisso. Queremos ser referência online no país”, admite. 

Projetos sociais 

Além de vender roupas, acessórios e skates, a Rock City também está engajada com projetos sociais. “Já participamos de ações nos bairros de Criciúma. No Dia das Crianças distribuímos cachorros-quentes em comunidades carentes. Temos um projeto que é Rock City Na Sua Pista. Esse projeto consiste basicamente em estar com nossa equipe com estrutura montada, vamos em uma cidade, juntamos crianças e jovens e realizamos churrasco e brincadeiras ao longo do dia envolvendo o skate, claro. Já estivemos em mais de dez cidades da região”, relata. 

Zanatta está com um novo projeto para este ano. “Ajudamos o hip-hop da região. Vamos começar este ano com a escolinha de skate gratuita. O projeto será realizado aos sábados,  e será feito para crianças carentes. Vamos doar alguns equipamentos para ajudar os pequenos. As aulas serão realizadas por um skatista e acontecerão na pista de skate da cidade, próximo ao Cemitério do bairro São Luiz”, antecipa.  “As crianças terão mais disciplina, educação e estamos pensando no futuro da cidade”, acrescenta. 

“A Rock City é uma produtora também. Nos envolvemos com a nossa sociedade e queremos trabalhar por uma região melhor e o esporte, cultura, arte, música transformam pessoas e sonhos. Nosso caminho é transformar cidadãos. A criminalidade do Brasil não é à toa. Moramos em uma região privilegiada. Dentro das nossas condições, nós ajudamos e nos dedicamos muito a sociedade. Isso que nos move”, afirma. 

Loja 

Atualmente, a marca Rock City conta com 15 funcionários. “Queria ter muito mais funcionários, qual empreendedor não quer? Mas é difícil. Começamos devagar e já estamos evoluindo. Porém, no Brasil é difícil ter uma empresa. As pessoas não imaginam o quanto são os juros, por exemplo. Mas estamos caminhando e buscando sempre o melhor”, ressalta. 

Ainda sobre a loja ser diferente, Zanatta relata que sempre pensou em ter uma loja autêntica. “O comércio de Criciúma é tradicional, então pensamos em inovar sempre, seja trazendo um tatuador, uma banda, um fotógrafo. Queríamos ser diferentes e conseguimos”, afirma.

Zanatta comenta que está buscando todos os dias aumentar o e-commerce. “Faz parte do nosso canal e conseguimos chegar em outras regiões. Vamos aumentar essa plataforma dia após dia e estamos trabalhando para isso”, comenta. 

Formado em comércio exterior e pós-graduado em Marketing e Gestão de Moda, Zanatta lembra que nunca teve uma chamada de capital para sua marca. “Nunca tivemos um estímulo para a loja. Comecei espalhar cartazes na cidade, fizemos cola em casa e os cartazes também e divulgamos a marca e a loja em Criciúma. Dos cartazes e das frases impactantes as pessoas vieram conhecer a loja. Nós inovamos e deu certo”, declara. 

Redes Sociais

A Rock City possui mais de 120 mil seguidores nas redes sociais. Os interessados em conhecer as lojas poderão entrar no Instagram ou Facebook. A loja está localizada na rua Rua Anita Garibaldi, 118, em Criciúma. Confira o site do empreendimento.

Leia mais sobre: