InternetData CenterAssinante

Direto de Cuba: pelas mãos de Gabriel Sotomayor, culinária caribenha chega a Criciúma

Chefe de cozinha aposta na sua experiência de mais de duas décadas no ramo
Direto de Cuba: pelas mãos de Gabriel Sotomayor, culinária caribenha chega a Criciúma
Foto: Heitor Carvalho
Por Heitor Carvalho Em 19/11/2018 às 17:01

Com 26 anos de experiência como chefe de cozinha trabalhando na Praia de Varadeiro, em Cuba, Gabriel Sotomayor decidiu mudar de vida. Da cidade de Matanças, em Cuba, rumou para o Brasil, ainda que seu desejo fosse a Espanha. Passados dois anos da mudança, uma certeza, a de ter feito a escolha certa.

É em Içara que Sotomayor escreve sua história fora de Cuba, no Sul do Estado, ele ja trabalhou em uma empresa de plásticos e atualmente está a frente de um dos containers do Container Food Park, em Criciúma e agora se prepara para mais uma responsabilidade, a de empreender por meio da culinária caribenha. “É uma culinária muito rica, com muito tempero e que acredito terá uma grande procura”, afirma Sotomayor, que projeta inaugurar o empreendimento ainda esse ano.

Em Cuba, Sotomayor deixou mais do que saudade, em seu país natal estão seu pai e suas duas filhas, uma de 18 e outra de 25 anos, ambas estudantes de medicina. “Elas me perguntam daqui, e eu só tenho uma coisa a dizer, é muito bom morar aqui, é tranquilo, as pessoas são boas", comenta.

Muitos não fazem a associação com o sobrenome, mas Gabriel é irmão de Javier Sotomayor, ex-atleta cubano especialista no salto em altura, campeão dos Jogos Olímpicos de 1992, em Barcelona e vice-campeão dos Jogos Olímpicos de 2000, em Sydney. Com um sorriso no rosto de quem tem orgulho em mostrar as fotos ao lado do irmão, Sotomayor conta. “Ele trabalha na espanha com atletas aposentados. E está para logo vir me visitar”. Os dois nasceram exatamente no mesmo dia, em 13 de outubro, com diferença de um ano, Gabriel é o irmão velho, com 52 anos.