InternetData CenterAssinante

Resenha – Corações Feridos, de Louisa Reid

Envie sugestões para entrelidasevindas@engeplus.com.br
Resenha – Corações Feridos, de Louisa Reid
Por Amanda Ludwig Em 30/09/2021 às 12:24

Pra falar a verdade, eu ainda não sei muito bem como falar do livro Corações Feridos, de Louisa Reid, então decidi já começar avisando que ele é um livro muito pesado. Mesmo. Para quem gosta de histórias carregadas de sentimentos, esse é um deles. São cerca de 250 páginas que nos transportam para uma leitura angustiante, melancólica e recheada de sofrimento. E ele é um livro bom. Com um final bom, e que “alivia”, até onde isso é possível. Dito isso, vamos lá:

Corações Feridos conta a história das irmãs gêmeas Hephzibah e Rebecca, que vivem como outros irmãos normais, com brigas, implicâncias e amor extremo, mas que também guardam segredos que só as duas conhecem sobre sua problemática família. E logo de cara descobrimos que uma delas, Hephzibah, morreu.

Os capítulos são alternados, e cada uma das gêmeas narra um deles, sendo que os capítulos com o ponto de vista de Hephzibah são intitulados "Antes", e os narrados por Rebecca são os "Depois". Não bastasse a história ser trágica por si só, descobrimos com o passar das páginas que as duas vivem à sombra de um pai que é fanático religioso e se diz pastor, enquanto a mãe encoberta e concorda com o tratamento dispensado às meninas ao longo dos anos.

Por isso, as meninas nutriam o desesperado sentimento de fugir daquela realidade o quanto antes. Mas como fazer isso? Estava aí o desafio. Assim como a necessidade urgente de fuga, o sentimento crescente de medo percorre as narrações das irmãs. Não bastasse a luta contra uma realidade extremamente opressiva, Rebecca – a gêmea viva – luta ainda contra o preconceito de ser diferente de sua irmã, considerada linda. Isso porque a menina nasceu com a Síndrome de Treacher Collins, que deformou seu rosto de forma muito marcante.

A grande questão a ser respondida até os capítulos finais é: por que Hephzibah morreu? E que segredos Rebecca continua guardando após sua morte? Eu sei que nesta curta resenha, eu pareço ter contado a história toda, mas garanto que não. As páginas de Louisa Reid conseguem surpreender até o fim. Essa história vale a pena demais ser lida.

Esse é o romance de estreia (e que estreia!) da autora. Ele surpreende pela qualidade da narrativa, pela fuga do lugar comum, e por ser uma história que não deixa pontas soltas, ainda que extremamente complexa. Além disso, é um livro que tem sentimento. Muito sentimento. É daqueles que quase nos faz sentir fisicamente, sabe? Enfim… se eu posso recomendar uma leitura forte para esses próximos dias, seria essa.

E a gente segue conversando pelo e-mail entrelidasevindas@engeplus.com.br ou pelo perfil @entrelidasevindas, no Instagram. O que você acha sobre o assunto? Te espero lá.