InternetData CenterAssinante

Para os criciumenses, a saúde é o principal desafio para o próximo prefeito

Para os criciumenses, a saúde é o principal desafio para o próximo prefeito
Foto: Foto: Portal Engeplus
Por Douglas Saviato Em 28/08/2012 às 08:29
A pouco mais de 40 dias para as eleições municipais deste ano, o Portal Engeplus foi às ruas saber o que os eleitores esperam da próxima administração municipal nos quatro anos que virão. Na maior cidade do Sul de Santa Catarina, cinco candidatos estão na briga por uma vaga no Executivo. Entre as áreas que os criciumenses querem mais atenção está a saúde, seguida pela educação e a segurança.

Para a gari moradora do bairro Paraíso, Kelli Teixiera,  de 28 anos,  a principal carência no município é a segurança e a pavimentação de ruas. “Você pode ir ao bairro Wosocris, vai ver apenas três ruas pavimentadas. O centro está bom, é claro, mas e os bairros?”, indaga. “Devia-se olhar mais para os bairros e não focar somente na area central, em todos quesitos inclusive na segurança”, opina Kelly.

Já a servente moradora de bairro Renascer, de 40 anos, Cristiane João, a saúde é a principal ponto a ser melhorado na cidade. “No posto do meu bairro não possui médico. As ruas estão horríveis, colocaram barro na estrada e quando chove ninguém passa, também não temos iluminação”, destaca a servete.

O comerciante Almiro Euzébio, de 53 anos, elenca a saúde como o principal desafio a ser encarado pelo prefeito que assumir os próximos quatros anos a frente do município. “Tem que melhorar os postos de atendimento, os postos de saúde nos bairros e também melhorar o atendimento dos 24 horas”, pontua.

A balconista Rosineldes Fernandes, de 52 anos, também aponta a saúde como o principal problema a ser melhorado em Criciúma. “A demora nas filas de espera é o pior de tudo. Muitas vezes a pessoa fica esperando meses e ainda acaba tendo seu lugar roubado”, relata. “Ficamos sem esperança, já que em todas as eleições as promessas são as mesmas e nada é cumprido”, comenta.