InternetData CenterAssinante

Conheça os candidatos a vice-prefeito de Criciúma

Conheça os candidatos a vice-prefeito de Criciúma
Foto: Fotos: Site Eleições 2012
Por Douglas Saviato Em 05/09/2012 às 20:11
O vice-prefeito é o segundo em exercício no cargo do Executivo municipal. Ele é eleito junto com o prefeito, através do voto direto e também tem a missão de governar a cidade em caso de afastamento do prefeito. Em Criciúma, além dos cinco candidatos à prefeitura, os vices também devem ser analisados pelos eleitores. Ana Soccas Sazan   (PCB) é a vice do candidato Rodrigo Maciel (PCB), bem como Jonas Orben  (PSTU) é o vice da candidata Cintia dos Santos (PSTU), José Paulo Serafim (PT) da candidata Romanna Remor (PMDB). Já Márcio Búrigo (PP) é o vice do candidato à reeleição Clésio Salvaro (PSDB) e Seiji Fujita de Odelondes de Souza (Psol).

Hoje, o Portal Engeplus apresenta esses candidatos a vice-prefeito. Informações sobre cada um e suas prioridades para a cidade nos próximos quatro anos em ordem alfabética. Acompanhe:

Ana Soccas Sazan - A comunista Ana Soccas Sazan, é a vice do candidato a prefeito Rodrigo Maciel, ambos do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Ana é filha de Dorival Sazan, líder sindicalista e Marlene Soccas, uma das mais ousadas militantes da ditadura militar. “Esta é minha primeira experiência como candidata, mas estou no meio político há bastante tempo, sempre tive inserida neste contexto devido a minha criação”, pontua a candidata filiada ao PCB, há mais de dez anos.
 Para a candidata, saúde e educação são os pontos primordiais para ser melhorado em Criciúma, com a construção de novas unidades de saúde e escolas em tempo integral. “Queremos também criar o poder popular, com um representante em cada comunidade”, comenta. “Nossa intenção é conscientizar as pessoas e mostrar a ideia do partido que é mais velho entre os que estão concorrendo em Criciúma”, destaca.

Jonas Orben - Vice da candidata Cintia dos Santos, ambos do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU), tem este ano sua primeira experiência como candidato. Orben é professor de matemática e física da rede estadual de ensino e defende a ideologia do socialismo. “Lutamos para a construção de um governo socialista, pois não vemos no capitalismo nada que beneficie o trabalhador”, comenta.
 Aos 27 anos, Orbem tem em seu projeto político a saúde, a educação e o transporte público como prioridades. “Saúde preventiva, educação em tempo integral, estatização do transporte público com a passagem no valor de R$ 1, além da federalização da Unesc são um dos nossos pontos”, destaca o candidato que também defende o fim da opressão. 

José Paulo Serafim - Três vezes vereador de Criciúma e duas deputado estadual e presidente do Sindicato dos Mineiros, José Paulo Serafim, do Partido dos Trabalhadores (PT), começou sua carreira política cedo. Hoje, aos 52 anos, é candidato a vice-prefeito da maior cidade do Sul de Santa Catarina. “Estou com Romanna porque ela tem com uma das principais características a transparência, isso me fez estar com ela”, pontua Serafim.
 Investir nos bairros, olhar pela saúde e acabar com as filas de espera também é foco do candidato. “Um governo pensando para o social, para o povo, para a grande massa é o dever do político é o nosso dever”, destaca o candidato. 

Márcio Búrigo - O candidato a vice pelo Partido Progresista (PP) é o parceiro à reeleição ao lado de Clésio Salvaro, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). A primeira experiência de Márcio na política foi em 2008, quando foi eleito vice-prefeito. “Antes disto, era integrante do partido, participava nos bastidores, mas nunca como candidato”, salienta. De acordo com Búrigo, a atual administração municipal termina o mandato em sintonia. “Durante estes quatro anos, todas as decisões do governo, o prefeito me consultava, em muitos casos isso não acontece”, destaca.
Para os próximos quatro anos, segundo Búrigo, a principal melhoria para a cidade é a mobilidade urbana. “Melhores condições nas vias públicas é muito importante para que Criciúma continue neste avanço, continue crescendo”, pontua. De acordo com o candidato, caso seja mantido o indeferimento de Clésio Salvaro perante a Justiça Eleitoral, ele está pronto para governar a cidade. “Sim, me considero preparado pelos quatro anos em que estou atuando na prefeitura, mas não trabalhamos em hipótese nenhuma com esta possibilidade”, afirma.

Seiji Fujita -  Fujita possui 12 anos de envolvimento com a política. Em 2000, foi candidato a vereador em Criciúma pelo Partido Verde (PV). Em 2004, foi candidato a vice-prefeito, também pelo PV, e em 2008 a deputado federal. Seiji Fujita começou seu envolvimento com a política ainda na universidade, quando foi líder estudantil e fundador do Centro Acadêmico do curso de Direito. Hoje, Fujita é filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (Psol) e vice do candidato Odelondes de Souza.
O principal projeto de Seiji Fujita é a construção de ciclovias nas ruas e avenidas mais movimentadas de Criciúma, como por exemplo, a avenida Centenário, a Santos Domount e a Imigrante Meller. Além da ciclovia, Fujita defende a federalização da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e um Hospital Regional. “A cliclovia é um projeto pessoal, para a cidade ser bonita e moderna ela tem que ter uma ciclovia. As outras duas segue a linha do partido, pois a universidade e o hospital atende a toda região Sul do Estado”, destaca.