InternetData CenterAssinante

Sindicato manifesta preocupação sobre retorno das aulas presenciais em colégios particulares

STEERSESC emitiu nota de repúdio na tarde desta sexta-feira
Sindicato manifesta preocupação sobre retorno das aulas presenciais em colégios particulares
Foto: Unsplash/Divulgação
Por Jessica Rosso Em 20/11/2020 às 17:55

O Sindicato dos trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino da Região Sul do Estado de Santa Catarina (STEERSESC) se manifestou na tarde desta sexta-feira, dia 20, com uma nota de repúdio às ações conjuntas discutidas para o retorno das aulas presenciais em escolas particulares. Confira a nota na íntegra: 

 

O Sindicato dos trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino da Região Sul do Estado de Santa Catarina (STEERSESC) vem a público manifestar sua extrema preocupação com os encaminhamentos adotados pelo Comitê Gestor Municipal e pelos colégios particulares da região, em relação ao retorno das aulas presenciais.

Observa-se que as decisões de restabelecimento do ensino presencial ocorrem por uma questão exclusivamente econômica, sem uma diretriz técnica segura, com dados e pareceres científicos que amparem a egoísta vontade da parte da sociedade de retornar às aulas em um momento tão delicado do enfrentamento da pandemia. 

A situação é grave e, não se justifica restabelecer às aulas presenciais, no final do ano letivo. Isto demonstra uma decisão insensata é irresponsável.

Ausente o diálogo, a batalha de liminares que vem se observando na Justiça Estadual e do Trabalho, certamente se intensificarão, na busca, junto ao Judiciário, o socorro e a coerência que não se tem observado junto à sociedade civil. 

Por fim, em um momento tão delicado para todos, em que os profissionais da educação, muitas vezes são injustiçados e gratuitamente ofendidos, o Sindicato Profissional registra sua solidariedade e orgulho de representar cada professora e professor, bem como os auxiliares da educação, que não mediram esforços em se reinventar e se dedicar com honradez na manutenção da docência, ainda que na solidão de sua webcam e seu home office.