InternetData CenterAssinante

Semear Sorrisos: iniciativa de protagonismo acadêmico é lançada na Unesc

Projeto possibilita a criação de redes colaborativas na comunidade
Por Redação Engeplus Em 28/06/2020 às 15:14

A Unesc lançou na sexta-feira o programa Semear Sorrisos, iniciativa de protagonismo acadêmico que leva a expertise da Universidade para dentro das comunidades do Sul de Santa Catarina. A ideia, desenvolvida por estudantes de Administração de Empresas e Comércio Exterior, possibilita a criação de redes colaborativas, na prestação de serviços e auxílio a bairros com maiores registros de vulnerabilidade e permite que ações próprias possam ser desenvolvidas pela sociedade.

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, parabenizou a iniciativa acadêmica, dando destaque as oportunidades que o projeto apresenta. A ideia é oferecer, por meio da estrutura e expertise da Instituição, auxílio para questões de relevância social e construir novas competências formativas para aqueles que procuram a Universidade. “Este é um novo normal, de um futuro colaborativo. Hoje nasce um lindo projeto, com a certeza de que deixará sementes na história da nossa Universidade. Nossos estudantes, em um momento desafiador como o que vivemos, encontraram uma forma de fazer a diferença na vida das pessoas, colocando-se à disposição do outro”, destacou.

A ideia, desde de sua provocação em um diálogo entre reitoria e estudantes, foi construída em duas semanas, com aporte de professores dos cursos. O Programa já pode ser aderido por todos os estudantes da Unesc, expandindo sua área de atuação. “Temos o objetivo de contribuir para a transformação dos contextos econômico, social e humano das comunidades assistidas. A ideia é iniciar ações com o atendimento das necessidades básicas, concluindo a experiência quando a própria comunidade puder iniciar ações próprias”, explicou a coordenadora do Programa, estudante Victória Ponciano.

Semear Sorrisos na prática

Como ponto de partida, os estudantes já iniciaram a campanha “Semeie, seja presente”. A proposta é receber doações de agasalhos, livros, alimentos, produtos de higiene, brinquedos, material escolar, EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e talento, para atividades socioeducativas.

Após a primeira etapa, uma análise contextual dos bairros de Criciúma será feita, possibilitando a primeira inserção. A partir deste momento, novas ideias podem sair do papel. Ao participar de uma das oficinas, capacitações, atividades culturais e eventos comunitários, um morador poderá dar seguimento ao compartilhamento da competência adquirida, ou até se colocar à disposição para ensinar algo novo. Assim, uma rede será criada, sempre com o suporte da Unesc.

A pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Unesc, professora doutora Gisele Coelho Lopes, deu destaque às possibilidades que o projeto traz em meio à pandemia. “Hoje iniciamos uma jornada, que continuará com os estudantes de toda a nossa Instituição. São alunos que querem impactar o meio onde vivem, iniciando a transformação desde agora”, enfatizou.

Para participar ou conhecer o programa, contatos podem ser feitos no e-mail semearsorrisos@unesc.net, no Instagram @semearsorrisos e no WhatsApp (48) 9-9901 7703. Empresas e organizações também são convidadas a contribuir como parceiras, podendo realizar doações e auxiliar atividades.