InternetData CenterAssinante

Mais de R$ 3,6 milhões investidos para cobertura do transporte escolar em Criciúma

Valor garante gratuidade do sistema para cerca de nove mil alunos criciumenses
Mais de R$ 3,6 milhões investidos para cobertura do transporte escolar em Criciúma
Foto: Divulgação/Arquivo Portal Engeplus
Por Thiago Hockmüller Em 19/02/2020 às 12:26

A Prefeitura de Criciúma publicou no Diário Oficial Eletrônico (DOE) o valor a ser pago para aquisição de vale transporte para alunos das redes estadual e municipal de ensino. Ao todo, são mais de R$ 3,6 milhões investidos e que vão beneficiar cerca de nove mil alunos criciumenses. 

A maior parte do valor contratado junto à Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU) é referente ao convênio entre os governos do Estado e Município. São R$ 3.051.750,00 que cobrem o passe para aproximadamente oito mil estudantes. O valor pago pela Prefeitura, referente aos alunos das escolas municipais, é de R$ 624 mil que alcançam mil alunos. 

A secretária de Educação de Criciúma, Roseli de Luca Pizzolo, explica que o valor total investido no transporte escolar ultrapassa R$ 8 milhões. “Temos 12 motoristas efetivos que fazem o roteiro no interior, que é o roteiro rural. Além deste montante tem uma outra parte que deve dar R$ 4 milhões, que pagamos a empresa terceirizada para fazer o transporte dos alunos. No Diário Oficial é só o transporte urbano. Se somar tudo, dá em torno de R$ 8 milhões”, explica. 

Para ter direito ao passe, a lei estipula que alunos da rede estadual devem residir a uma distância mínima de três quilômetros da escola. Já para alunos da rede municipal, a determinação é que a distância mínima seja de 1,5 quilômetros.  

“Os alunos nessas condições têm direito ao vale transporte. Nós compramos, inclusive o do Estado, que tem convênio com todas as prefeituras. Ele repassa o dinheiro e a Prefeitura compra. O aluno não paga nada e todos os meses a carteirinha é recarregada”, afirma Roseli. 

Em Criciúma, as aulas nas escolas estaduais iniciaram no dia 10 de fevereiro, e nas municipais na última segunda-feira, dia 17.  

Leia mais sobre: