InternetData CenterAssinante

Curso de Design Unesc apresenta atualização de matriz curricular e novas parcerias com empresas

Durante graduação, alunos participam de projetos que trabalham criatividade e conhecimento
Curso de Design Unesc apresenta atualização de matriz curricular e novas parcerias com empresas
Foto: Divulgação / Unesc
Por Redação Engeplus Em 15/02/2020 às 13:27

O curso de Design – ênfase em Projeto de Produtos da Unesc inicia 2020 repaginado. Os acadêmicos poderão vivenciar novas experiências e agregar ainda mais conhecimento em seu processo de formação. As novidades giram em torno da atualização da matriz curricular, que ganhou novas disciplinas para a aproximação cada vez maior com o mercado e com cursos de áreas afins da Universidade. Além disso, o Design ampliará as parcerias com o setor produtivo, dando ainda mais oportunidades de projetos que trabalham a criatividade e o conhecimento técnico.    
 
A partir do primeiro semestre de 2020, os calouros e veteranos do curso vão participar do núcleo Indústria Criativa, que tem como objetivo conciliar a flexibilidade com a excelência na formação profissional. Por meio de ações e aulas diferenciadas, ela irá trabalhar a capacidade criativa para propor soluções inovadoras, utilizando domínio de técnicas e de processo de criação; o conhecimento do setor produtivo, visão do mercado, materiais, processos produtivos e tecnologias abrangendo mobiliário, confecção, calçados, joias, cerâmicas, embalagens, artefatos de qualquer natureza, traços culturais da sociedade, softwares e outras manifestações regionais.
 
Além disso, na Indústria Criativa, os acadêmicos irão desenvolver pesquisa científica e tecnológica objetivando a criação, a compreensão, a difusão e o desenvolvimento da cultura visual. A nova matriz curricular agregou disciplinas como “História e Estética do Design”, “Composição Gráfica”, “Imagens Digitais”, “Arte, Design e Sociedade”, “Criatividade e Fundamentos da Comunicação Visual”, “Biônica e Ecodesign”, “Branding”, “UX Experiência do Usuário” e “Design Social”. E traz ainda outra novidade: a interação dos cursos de Design – ênfase em Projeto de Produtos e de Artes Visuais, com os acadêmicos e professores dos dois cursos interagindo em espaços como salas de aula e laboratórios.
 
O curso, com oito anos de vida, já havia passado por adequações em sua matriz em 2015 e 2017. Em 2018, o processo de criação da nova matriz teve início e contou com a participação de estudantes e professores. Com a atualização, a partir de 2020, o curso se tornou mais atrativo economicamente. Segundo o coordenador do curso de Design, João Rieth, o novo projeto parte da observação das mudanças do mercado e das carreiras e do feedback das empresas, incluindo as que o curso tem parceria na realização de projetos e desafios aos acadêmicos.
 
“Percebemos a ampliação da área de atuação do profissional e construímos coletivamente, uma matriz curricular mais flexível e atual, propondo uma integração entre os cursos de Design e Artes Visuais e com disciplinas nas áreas de artes e gráfica. O foco continuará sendo design de produtos, mas o profissional formado pela Unesc terá uma abordagem mais ampla, incluindo a comunicação visual e os recursos digitais”, afirma Rieth.
 
Parcerias fortalecidas e ampliadas
 
Um dos diferenciais do curso de Design – ênfase em Projeto de Produtos da Unesc são as parcerias com empresas de diversos segmentos da indústria, o que possibilita novas experiências e aprendizados aos acadêmicos – além de oportunidades de estágio nas empresas.
 
A parceria mais antiga do curso começou há sete anos com a Ceusa Revestimentos Cerâmicos – hoje pertencente ao Grupo Duratex – para a realização do projeto Talentos. Nele, os acadêmicos da Unesc são desafiados a criarem um projeto inovador na área de cerâmica. Além desta área, ao longo dos oito anos de vida, o curso da Unesc já deu oportunidade aos seus alunos de participarem de concursos nacionais e internacionais e desafios propostos por empresas que desenvolvem produtos como embalagem, calçados e móveis, além de cooperativas de agricultura familiar e serviços de saúde.
 
Para 2020, a coordenação do curso já alinhavou novas parcerias com fabricantes de chocolates e de calçados especiais, além da participação das fornecedoras de insumos para o setor cerâmico, Icon e Esmalglass no projeto Talentos. “A participação nos desafios ajuda os acadêmicos a olharem o mercado sob outra ótica e terem uma importante experiência prática. As parcerias geram inovação”, comenta Rieth.
 
O professor do curso de Design da Unesc, Maico Carlos Vieira é prova do quanto a interlocução entre Universidade e setor produtivo têm benefícios para os envolvidos. Egresso do curso de Artes Visuais da Instituição, Vieira conseguiu uma oportunidade na multinacional Esmalglass, fornecedora de matérias-primas para o setor cerâmico, a partir de uma visita que o seu curso fez à empresa.
 
Vieira é colaborador da Esmalglass há nove anos e afirma que o contato dos estudantes com empresas de diversos ramos auxilia os acadêmicos a conhecerem a realidade do mercado e a saberem mais sobre as diferentes áreas de atuação do designer de produtos. Além disso, o professor salienta que a possibilidade de os alunos participarem de desafios e realizarem estágios é um diferencial importante para a formação profissional. E profissionais bem preparados e diferenciados é o que o mercado quer.
 
Experiências internacionais
 
Na Unesc, os alunos do Design – ênfase em Projeto de Produtos podem ter experiências internacionais, e, inclusive, a dupla titulação.
 
A partir do convênio firmado com a Universidade Nacional de Avellaneda, em 2015, os alunos do curso poderão ter o diploma da universidade brasileira e da instituição argentina. Design é o primeiro curso da Unesc a oferecer a dupla titulação. Dessa maneira, os alunos do curso de Design da Unesc podem cursar dois semestres em Avellaneda e os acadêmicos da instituição da Argentina também podem fazer parte do curso na Unesc. Na universidade argentina, o curso oferecido segue os conceitos básicos das escolas alemãs de Design, de objetividade e de funcionalidade.
Além da dupla titulação, o curso de Design – ênfase em Projeto de Produtos da Unesc oferece outras oportunidades de vivências internacionais aos alunos. Um exemplo é a viagem para a Itália no dia 29 de fevereiro. Um grupo, formado por professores do curso e oito estudantes da sétima fase de Design, dos municípios de Criciúma, Siderópolis, Nova Veneza, Santa Rosa do Sul e Forquilhinha, participará do Pordenone Design Week, evento que reunirá estudantes da área de diversos países em uma semana de imersão com professores do Isia (Istituto Statale di Alta Formazione – Instituto Superior de Educação do Estado), profissionais e empresários do ramo. A Unesc será a primeira instituição brasileira a participar da semana de design italiana.

O evento ocorrerá de 2 a 8 de março, com workshops e oficinas de projetos, no Isia, localizado na cidade de Pordenone. O Instituto disponibilizou vagas para os estudantes de Design da Unesc, que foram escolhidos por meio de processo seletivo. Os selecionados serão beneficiados com hospedagem, alimentação e transporte do hotel até o evento. Para auxiliar na preparação dos acadêmicos, a Unesc disponibilizou o curso de língua italiana.
 
Um dos alunos que está em contagem regressiva para o Pordenone Design Week é Hermes Cavaler. Durante o segundo semestre de 2019, ele fez aulas de italiano na Universidade e se preparou para a viagem. O acadêmico conta que todos estão entusiasmados com a oportunidade. “No grupo só se fala no tempo que falta e o que não podemos deixar de fazer durante a viagem. Será incrível o aprendizado, a experiência e conhecer a realidade de outro lugar. O quanto esse momento irá contribuir em nossos currículos, abrir nossas mentes e refletir no nosso profissional e no pessoal. Com certeza, esta é uma oportunidade única. Um "novo" Hermes virá desta viagem e sei que meus colegas também se renovarão”, afirma.
 
No Pordenone Design Week, os alunos participarão de atividades voltadas às áreas do mobiliário e de eletrodomésticos, expertises da cidade italiana de Pordenone. Segundo o o coordenador do curso de Design, o Isia faz um trabalho semelhante ao que as Universidades Comunitárias como a Unesc realizam. “Ele possui uma rede com escolas, em algumas cidades, com foco em cursos oferecidos a partir da vocação econômica de cada região”, conta.
 
Segundo Rieth, participar de uma imersão na Itália, referência mundial em Design, será um diferencial na formação acadêmica destes alunos. “Eles trabalham na análise da vocação regional e fazem uma aproximação forte entre a academia e o mercado, atuando na economia criativa. Estar nesse meio amplia os horizontes e possibilita uma visão diferente das possibilidades tanto de atuação do designer quanto da instituição de ensino”.
 
Lançamento de livro internacional
 
O curso de Design vai promover no dia 19 de março, a Aula Inaugural do primeiro semestre de 2020 de uma maneira especial. O evento, que também será aberto a estudantes e profissionais de áreas afins, vai contar com o lançamento do livro “Biônica e Design”. A obra produzida na Itália, conta com a participação de designers e arquitetos de todo o mundo e a Unesc irá abrigar o seu primeiro lançamento no Brasil.
 
A obra em italiano, conta com 30 relatos de profissionais sobre experiências e estudos relacionados a biônica no design, no Centro de Pesquisas do Instituto Europeu de Design de Milão. Entre os autores do livro, está o coordenador do curso de Design da Unesc, João Rieth.

Leia mais sobre: