InternetData CenterAssinante

Ifsc Criciúma elege novo diretor

O professor Daniel Comin da Silva foi o eleito na votação realizada nessa quarta-feira
Ifsc Criciúma elege novo diretor
Foto: Divulgação
Por Redação Em 15/11/2019 às 09:20

O Câmpus Criciúma do Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc) escolheu o novo diretor-geral que comandará a instituição entre 2020 e 2024. O professor Daniel Comin da Silva foi o eleito na votação realizada nessa quarta-feira, dia 13, com a participação de aproximadamente 450 estudantes, 51 professores e 33 técnicos administrativos.

Daniel Comin foi o único candidato a disputar a eleição para a direção-geral do Câmpus Criciúma do IFSC. Ele substituirá o atual diretor, Lucas Dominguini, a partir de abril do ano que vem. Daniel é graduado em Arquitetura e Urbanismo pela UNESC, com mestrado também em Arquitetura e Urbanismo pela UFSC. Ele é o atual chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (Depe) do Câmpus Criciúma do IFSC.

Compõem também a chapa o professor Niguelme Cardoso Arruda, indicado para o Depe, e o técnico-administrativo Elder Comin Perraro, indicado para a chefia do Departamento de Administração (DAM). A chapa obteve 379 votos entre os estudantes, 25 votos entre os técnicos e 40 entre os professores.

A comunidade acadêmica do IFSC também votou em primeiro turno para escolher o próximo reitor da instituição. Disputarão o segundo turno, marcado para o dia 5 de dezembro, os candidatos André Dalla Possa e Maurício Gariba Júnior.

Com um número de matrículas que gira em torno de 1,5 mil a 2 mil, o Câmpus Criciúma oferece os cursos técnicos em Edificações, Mecatrônica e Química, integrados ao ensino médio, o curso técnico em Meio Ambiente, concomitante ao ensino médio, e os cursos técnicos em Edificações e Eletrotécnica, subsequentes ao ensino médio, as graduações em Engenharia Civil, Engenharia Mecatrônica e Licenciatura em Química, além de cursos de qualificação profissional e pós-graduações. Nos últimos anos, a instituição ampliou as parcerias com as prefeituras da região, com a oferta de cursos de qualificação nos municípios.

Um novo bloco de salas de aula está sendo construído no momento e o desafio é consolidar a instituição para preparar um crescimento sustentável. “A chapa ‘Consolidar para crescer’ surgiu com dois grandes desafios. O primeiro desafio é o de aproximar a comunidade acadêmica da gestão, de modo que servidores e alunos estejam mais próximos das tomadas decisão, permitindo-nos assim encaminhar um dos nossos compromissos de fazer uma gestão participativa. O segundo desafio é o buscar consolidar tudo que já foi conquistado pelo Câmpus, onde precisaremos dar uma atenção especial para as ações que contribuem para a permanência e êxito dos nossos alunos, nos permitindo crescer na efetividade das nossas ofertas”, afirma Daniel.

Colaboração: Jornalismo IFSC - Regional Sul