InternetData CenterAssinante

Educadores discutem currículo escolar da rede municipal de Criciúma

O primeiro encontro reuniu profissionais de Matemática, Educação Física e Pedagogia
Educadores discutem currículo escolar da rede municipal de Criciúma
Foto: Jhulian Pereira
Por Redação Em 06/05/2019 às 15:32

Para estudar, reformular e adaptar o currículo escolar da rede municipal de ensino de Criciúma, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Educação, iniciou na manhã desta segunda-feira, dia 6, na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), uma série de formações continuadas para os educadores que atuam em escolas municipais. O primeiro encontro reuniu profissionais de Matemática, Educação Física e Pedagogia.

LEIA MAIS: Base curricular: estudos começam a ser realizados em escolas do Sul

De acordo com a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca, professores de outras disciplinas também participarão da iniciativa. “Cada disciplina terá cinco encontros. É uma oportunidade para desenvolver estratégias de formação sobre os direitos de aprendizagem e as habilidades e competências para reformular o currículo escolar da rede municipal”, conta.

O encontro desta segunda-feira foi conduzido pelas professoras da Unesc, Eloir Fátima Mondardo Cardoso e Ledina Lentz Pereira. As educadoras apresentaram propostas em conformidade com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), do Ministério da Educação (MEC). “Os profissionais que participam das formações continuadas se inscreveram em um edital publicado pela Prefeitura de Criciúma”, explica Eloir.

BNCC

No Brasil, a BNCC deve nortear os currículos dos sistemas e redes de ensino das Unidades Federativas e as propostas pedagógicas de escolas públicas e privadas da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. O documento de caráter normativo estabelece conhecimentos, competências e habilidades para os estudantes desenvolverem ao longo da escolaridade básica. Mais informações podem ser obtidas através do site www.basenacionalcomum.mec.gov.br.

Colaboração: Jhulian Pereira/ Decom-  Prefeitura de Criciúma