Educação

Educação

Visitantes podem interagir com acervo do Museu de Zoologia de forma virtual

Na Semana Nacional de Museus, exposições ganham auxílio do QR Code

14
MAI
2018
| 16h10
16h10
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Milena Nandi

Em comemoração a 16ª Semana Nacional de Museus, promovida pelo Ibram (Instituto Brasileiro de Museus), de segunda-feira a domingo, dias 14 a 20, o Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski da Unesc, passará a oferecer uma nova ferramenta para os visitantes conhecerem e interagirem com as exposições. A partir de segunda-feira, quem passar pelo Bloco S da Universidade poderá ter acesso a mais informações dos espécimes da exposição Vida Selvagem apenas posicionando um dispositivo móvel com acesso à internet no código fixado em cada estande.

Segundo a coordenadora do Museu, Morgana Cirimbelli Gaidzinski o objetivo do local sempre foi ampliar as coleções, mas também a qualificação do seu acervo. “Os QR Codes possibilitam mais interatividade com o Museu de Zoologia da Unesc. Neles, estarão contidas informações adicionais das espécies animais em exposição, por meio de textos concisos. Os museus hoje precisam utilizar ferramentas que possibilitem ampliar o conhecimento do visitante mesmo que não tenha um mediador ao lado”, comenta.

O QR Code será utilizado inicialmente na exposição Vida Selvagem, composta por 560 espécimes que habitam os principais biomas brasileiros, como a Floresta Amazônica, o Serrado, a Caatinga, o Pantanal, a Mata Atlântica e os Pampas, bem como espécies representativas de outros países. No entanto, o projeto pretende implantar a ferramenta em todas as exposições do Museu – atualmente ele possui quatro exposições de longa duração com mais de 1.500 espécimes.

“O projeto do QR Code vai ser melhorado ao longo do ano, com a introdução de vídeos e áudios para que o visitante possa construir o seu conhecimento com a utilização dessa ferramenta e colocar no QR Code o máximo de possibilidades para que o visitante possa, individualmente, ter o máximo de informações”, afirma Morgana.  

Museus hiperconectados

A coordenadora do Museu explica ainda que a implantação desta tecnologia fará parte das ações a serem desenvolvidas pelo Museu de Zoologia na 16ª Semana de Museus, que em 2018 tem como tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”. A Semana comemora o Dia Internacional de Museus, dia 18. Durante a semana, o Museu de Zoologia da Unesc irá oferecer ao público atividades especiais, como visitas mediadas, oficinas e exibição de filmes.

Colaboração: Milena Nandi - Assessoria de Imprensa Unesc

Leia mais sobre: unesc, virtual, museus
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Nações Shopping apresenta Exposição Internacional DragõesProtestos no Sul causam desabastecimento Atletismo reúne cerca de 200 estudantes na pista da Unesc e encerra JescFuncionária de laboratório criciumense fez parte de esquema de falsificação'Não saí de minha empresa para ser coadjuvante', Flavio Rocha em CriciúmaA Bela e a Fera no palco do Teatro Elias Angeloni, em Criciúma