InternetData CenterAssinante

Professores protestam por perda de pacto Estadual pela Educação

Outras seis escolas também ficaram de fora do acordo
Professores protestam por perda de pacto Estadual pela Educação
Foto: Jornal A Gazeta
Por Redação Engeplus Em 10/03/2018 às 11:00

Os professores da EEB Antonio Colonetti se manifestaram publicamente a respeito da falta de participação do pacto Estadual pela Educação. Segundo eles, outras seis escolas também ficaram fora do acordo, por que órgãos competentes teriam perdido o prazo de adesão. O fato foi informado aos profissionais pela Gerência de Educação e Secretaria Regional.

O secretário regional, João Fabris, esclarece que não houve perda de prazo. "O que aconteceu é que aquela modalidade de licitação  não permitia reformas, pois eles entendem que toda reforma tem aditivos. Como o Tribunal de Contas proibiu essa modalidade até tentamos fazer por outra, só que até habilitar o projeto e realizar todos os trâmites necessários acabou se estendendo, foi um processo demorado. Portanto, acertamos que vamos fazer por etapa, haverá uma reunião para saber qual a prioridade deles. Mas a reforma total infelizmente nao vai dar pra fazer", afirma ele. 

Segundo os professores, a espera para liberação da reforma e ampliação, por meio de recursos do pacto, se arrasta desde 2012. "Esta unidade escolar tem problemas com falta de salas de aula, nossa biblioteca, sala dos professores, direção e secretaria são em ambientes adaptados.

É de extrema importância tal reforma, nem ar condicionados podemos ligar, pois a rede elétrica não comporta, esportes são praticados ao ar livre, pois não temos quadra coberta", explica a professora Sinara Colonetti. 

“Acompanhamos de perto o empenho da direção na busca da documentação necessária para a reforma e sabemos o quanto isso criou expectativas em nossos alunos e professores. Sonhamos com um ambiente escolar adequado e infelizmente isso não se realizou”, dispara o professor Alexandre Salvador.

Segundo a professora, essa é uma promessa antiga, que inclusive já foi tema de matéria. "Em uma reportagem nosso secretário disse que seria aplicado mais de 4 milhões de reais na recuperação total e ampliação da EEB Antonio Colonetti em Içara.  Necessitamos  de respostas para nossos pais, alunos e toda comunidade", apela.