InternetData CenterAssinante

Jornada Acadêmica de Biomedicina da Unesc debate inovações e tecnologias

Evento ocorre nesta quinta e sexta-feira com palestrantes renomados na área
Jornada Acadêmica de Biomedicina da Unesc debate inovações e tecnologias
Foto: Milena Nandi
Por Redação Engeplus Em 08/11/2018 às 18:16

“Gerenciamento de carreira biomédica”, “Tecnologias aplicadas aos exames toxicológicos na Biomedicina”, “Nanotecnologia aplicada às Ciências, Biomédicas” e “Biomedicina Estética” são alguns dos assuntos abordados na Unesc nesta quinta e sexta-feira, dias 8 e 9, durante a 4ª Jornada Acadêmica do curso de Biomedicina. O evento reúne professores, estudantes e profissionais em trocas de conhecimentos em oficinas, palestras e a 2ª Feira das Habilitações.

A abertura oficial da Jornada ocorreu na tarde desta quinta-feira, com a palestra “A Prática Laboratorial da Imunologia e Biologia Molecular de Transplantes”, ministrada pela professora doutora e biomédica da Santa Casa de Porto Alegre, Aline Simas Gasparotto.

Aline ainda fez uma cronologia sobre os transplantes, dos primeiros até os dias atuais, linkando sempre com o trabalho da Biomedicina. “Os primeiros relatos de transplante ou algo parecido remontam à mitologia grega, à figura do Minotauro, um homem que tinha cabeça e cauda de touro, remetendo a um tipo de transplante. Na religião católica há os gêmeos Cosme e Damião, que em uma das figuras era retratada tentando ajudar um cristão que tinha problema na perna tentando implantar uma parte da perna de um homem que havia falecido naquele dia, e por isso, no dia 27 de setembro, que se celebra São Cosme e São Damião, é também o Dia Nacional do Doador’, conta.

 

Abertura do evento

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, afirma que Biomedicina é um dos cursos de destaque no cenário da saúde e que tem formado profissionais diferenciados. “A Jornada é um momento de aprendizado, troca de experiências e construção de vínculos. Esses momentos além da rede de conhecimentos que estabelece, se stabelece também a possibilidade de construção de vínculos com outras pessoas. E isso é essencial para uma Universidade Comunitária como a nossa’.    

Na abertura da Jornada, os participantes receberam ainda as boas-vindas do coordenador do curso de Biomedicina da Unesc, Emanuel de Souza, que falou da importância de eventos como este na formação de novos profissionais e ressaltou a participação dos acadêmicos na organização.

A pró-reitora Acadêmica, Indiara Reynaud Toreti, afirma que é uma honra para a Universidade estar contribuindo para o fortalecimento da profissão e inserção dos profissionais no mercado de trabalho. “Aproveitem muito o evento, façam trocas e aproveitem a bagagem dos palestrantes”, sugere.

A presidente do Centro Acadêmico do curso, Maria Laura Cecconi afirmou que é importante ver o envolvimento de todos na organização da Jornada. 

O primeiro dia do evento contou ainda com a palestra “A transformação que Impulsiona a Qualidade nos Estabelecimentos de Saúde”, com a biomédica Beatriz Vendramini Garcia; uma roda de conversa sobre “O perfil e trajetória do biomédico egresso da Unesc”, com Guilherme Bianchini, Vitor Hugo Comin, Hemily Batista, Gabriele da Silveira Prestes, Juliane Francisconi Carvalho, Gustavo Mastella e Misleide Medeiros.

 

Feira das Habilitações

Com o objetivo de aproximar o acadêmico do dia a dia profissional e propor uma reflexão sobre as diversas possibilidades da Biomedicina, a Feira das Habilitações integrará acadêmicos de diversas fases da graduação em um dia para conversar e conhecer os caminhos do futuro egresso. “O biomédico é um profissional a serviço da saúde e suas áreas de atuação são muito abrangentes. A atividade tem o intuito de ampliar a divulgação das diferentes oportunidades de atuação e promover o pensamento sobre o mercado. Ao todo, o conselho regional reconhece 35 habilitações aos graduados”, explica o coordenador do curso da Unesc.

Colaboração: Assessoria de Imprensa - Setor de Comunicação Integrada - Unesc

Leia mais sobre: