navegue nos blocos da capa

Educação

Criciúma

Acadêmicos apresentam projetos para problemas da indústria

Propostas foram desenvolvidas na 5ª fase de Engenharia Mecatrônica da Satc

17
JUL
2017
| 14h52
14h52
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

Os problemas reais que a indústria enfrenta podem receber a atenção e as sugestões de acadêmicos da Faculdade Satc. As propostas elaboradas pelos alunos foram apresentadas a uma banca de avaliadores externos na última semana de aulas. A turma da 5ª fase de Engenharia Mecatrônica trouxe as ideias desenvolvidas em dois meses de trabalho. A discussão dos trabalhos e as dúvidas que surgiram foram mediadas pelo professor Eder Andrade, na disciplina de Projetos Integrados.

Para quem está acostumado com as questões da indústria é importante a parceria com a academia. “Eu e os demais avaliadores ficamos surpresos com a qualidade dos trabalhos apresentados. Houve pesquisa, boa fundamentação e propostas com consistência”, ponderou o engenheiro eletricista Fernando Guessi, responsável pelo desenvolvimento de novos produtos da Coopermaq. Segundo ele, os projetos apresentados são viáveis e têm perspectivas de aplicabilidade na indústria.

Os acadêmicos Gustavo Pedro de Freitas Neto e Mateus Maggi apresentaram um equipamento para o encubatório de aves, com controle de temperatura ambiente. “Esse equipamento já existe, mas é caro. Estamos trazendo uma nova possibilidade, de custo menor”, informou Pedro.

A ideia é aproximar mais a indústria da academia. “Queremos que os problemas reais sejam debatidos aqui, permitindo que nosso aluno já tenha essa vivência prática e traga soluções”, afirmou o coordenador de Engenharia Mecatrônica João Mota Neto.

Aplicando conhecimentos de cálculo matemático, algoritmos e eletrônica básica, o aluno Higor Pereira de Souza apresentou um controlador de eixos. “É um dispositivo diferente do que está no mercado. Foi um trabalho desafiador”, disse.

 

Leia mais sobre: satc, educaÇÃo
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Praia da Vila, visita obrigatória em ImbitubaGovernador reúne secretários regionais e aponta desafiosMaracajá e Rui Barbosa decidem a SegundonaOs Bois de Mamão tomaram conta da UnescGrave acidente na Serra tira a vida de criciumenseBairro da Juventude ganha Centro Multiúso