InternetData CenterAssinante

Estudantes fecham avenida Universitária, no bairro Santa Luzia

Com apitos e tambores, alunos da escola João Frassetto manifestaram sua indignação contra o governador Raimundo Colombo
Estudantes fecham avenida Universitária, no bairro Santa Luzia
Foto: Foto: Alison Biff
Por Douglas Saviato Em 30/04/2013 às 23:25
A noite desta terça-feira foi de protesto na Escola Estadual Básica João Frassetto, situada no bairro Santa Luzia, em Criciúma. Estudantes da instituição de ensino estiveram reunidos em frente ao colégio, na avenida Universitária, nas imediações da Praça do bairro Santa Luzia. Com apitos e tambores, os estudantes manifestaram sua indignação contra o governador RaimundoColombo. Os alunos protestaram contra com o novo modelo de educação estabelecido pelo Governo do Estado. A nova determinação diz que até a próxima sexta-feira as salas de aula da rede estadual devem conter, em média, 40 alunos. Assim, séries compostas por três turmas vão passar a ter duas.

Na manhã desta terça-feira, alunos do Centro de Educação Profissional Cedup Abílio Paulo, do colégio Sebastião Toledo dos Santos, o Colegião, e da Escola Estadual Básica Joaquim Ramos também se uniram contra o nome modelo de educação apresentado pelo governador