InternetData CenterAssinante

Prefeitura de Criciúma reforça campanha ‘Compre local’

Iniciativa está dentro do Programa Supera Criciúma
Prefeitura de Criciúma reforça campanha ‘Compre local’
Por Redação Engeplus Em 01/08/2020 às 11:21

Visando estimular ainda mais a compra de produtos no comércio criciumense, a Prefeitura de Criciúma está reforçando a campanha ‘Compre local’. A iniciativa foi divulgada nessa quinta-feira (30), e faz parte do Programa Supera Criciúma, que beneficia os cidadãos com ações orientativas, espaço destinado aos empreendedores, e fomenta o consumo local.

“Precisamos incentivar, cada vez mais, os moradores a adquirirem os produtos na nossa cidade, assim, o dinheiro continua circulando no comércio daqui, e consequentemente, a geração de empregos aumenta. Este é nosso objetivo, principalmente agora, nesse momento que precisamos valorizar ainda mais os nossos negócios”, destaca o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Criciúma, Claiton Pacheco.

Campanha ‘Compre Digital do Comércio Local’

Outra campanha que está em funcionamento é a ‘Compre Digital do Comércio Local’. A iniciativa é uma segunda opção para quem tem receio de comprar presencialmente. A campanha é uma parceria entre o Governo Municipal, plataforma ToPedindo, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma, aplicativo MOP Motorista Particular e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Cadastre sua loja

Para os interessados em cadastrar seus serviços na plataforma, devem acessar o site do ToPedindo, por meio do endereço topedindo.com.br/comprelocal/. O lojista deve preencher informações pessoais ou da empresa, dependendo do tipo de negócio. O sistema gera um login para que o comerciante possa acessar e cadastrar os produtos na plataforma. Mais informações podem ser consultadas no mesmo link.

Criciúma na guerra contra o coronavírus

Além disso, as medidas restritivas no combate ao coronavírus continuam em Criciúma. Conforme o decreto municipal nº 815/2020, é obrigatório o uso de máscara, o não cumprimento pode gerar uma multa de 15 Unidades Fiscais Municipais (UFM), que corresponde a R$ 1.931,70.

Outras medidas são a proibição de encontros com familiares e amigos e festas particulares, sujeitos à multa de R$ 5.807,98. Já os estabelecimentos comerciais, serviços e indústria devem cumprir as regras sanitárias e de distanciamento.

A Prefeitura de Criciúma também criou um canal de denúncias contra descumprimento das medidas restritivas. O número disponível é (48) 99193-6259, que está disponível 24h por dia. As informações podem ser repassadas também pelo aplicativo PM SC Cidadão, no 190, para a Polícia Militar, ou no 199, para a Defesa Civil.