InternetData CenterAssinante

Primeiro Impostômetro de Criciúma será inaugurado

Primeiro Impostômetro de Criciúma será inaugurado
Foto: Divulgação
Por Redação Portal Engeplus Em 25/05/2017 às 17:12

A campanha Feirão do Imposto terá neste sábado o seu Dia D. Criciúma se insere na mobilização dos movimentos de jovens empreendedores em todo o Brasil na data com a inauguração do primeiro impostômetro da cidade. O painel (televisor) instalado no hall de entrada da Acic mostrará em tempo real a quantia arrecadada de tributos nas esferas municipal, estadual e federal. O ato inaugural ocorre às 10 horas.

As informações geradas em tempo real são disponibilizadas no site www.impostometro.com.br, uma ferramenta criada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). A alimentação do sistema se dá por órgãos oficiais com impostos, taxas, multas, juros e correção monetária contabilizados. Em 2016 o Impostômetro do Brasil bateu a marca de R$ 2 trilhões.

A exposição desses dados se alinha com o objetivo do Feirão do Imposto, campanha de mais de uma década do movimento jovem empreendedor do Brasil. Para 2017 o tema escolhido é Chega de Mão Grande. A Associação de Jovens Empreendedores de Criciúma (AJE) organiza as ações na cidade, com a parceria da Acic e do Observatório Social.

“O grande propósito dessa mobilização é levar informação à população sobre o alto volume de impostos pagos e sobretudo chamar a atenção sobre a falta de retorno desse dinheiro para o bem-estar das pessoas”, informa o presidente da AJE, Mário Westrup.

Estimativas da Acic apontam que pelo menos 35 mil pessoas devem passar pela entidade até o fim do ano, entre frequentadores e visitantes. “A movimentação gerada pelos eventos, serviços e das próprias entidades sediadas no empreendimento nos garante que o impostômetro terá uma visibilidade excelente. Com isso vamos disseminar a importância de cada um de nós fiscalizarmos os governantes, parlamentares e agentes públicos. Quanto mais a sociedade participar e todos nós estarmos vigilantes a esses números, a corrupção tende a diminuir e a aplicação do dinheiro público melhorar”, acredita a coordenadora do Feirão do Imposto em Criciúma, Fernanda Mendes.

Colaboração: João Pedro Alves / Comunicação AJE Criciúma