Economia

mais caro

Petrobrás anuncia aumento do gás de cozinha

Reajuste já entrou em vigor, mas ainda não chegou ao consumidor

05
DEZ
2017
| 09h43
09h43
Débora Correa
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
arquivo engeplus

O botijão de gás de cozinha deve ficar mais caro nos próximos dias. A Petrobrás anunciou nessa segunda-feira, dia 4, um reajuste de 8,9% no preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial, engarrafado pelas distribuidoras em botijões de até 13 quilos.

O aumento do gás de cozinha entrou em vigor nesta terça-feira, mas na região de Criciúma a mudança ainda não chegou ao consumidor. Sem o reajuste, o preço do botijão continua entre R$ 65 e R$ 68.

A Petrobrás justificou o aumento devido à alta das cotações do produto nos mercados internacionais. O percentual anunciado de reajuste leva em contra preços praticados sem incidência de tributos. Se for integralmente repassado ao consumidor, a Petrobrás estima que o preço do botijão de gás de cozinha de 13 quilos deve subir, em média, 4%, ou cerca de R$ 2,53 por botijão.

Este é o sexto aumento nos preços do gás de cozinha aplicado neste ano. 

Leia mais sobre: aumento, reajuste, gás de cozinha
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Aniversariantes neste dia 24/02Finais do 48º Banana Bowl ocorrem neste sábadoCriciumense conta em livro como foi viagem ao AlaskaSindicatos de contabilistas de todo o Estado se reúnem em Nova VenezaMortes por afogamento nas praias de SC caem pela metadeAbertura oficial e escolha das soberanas acontece nesta sexta-feira