InternetData CenterAssinante

Santa Catarina registra atividade econômica em altas consecutivas

Relatório do Observatório FIESC foi divulgado hoje
Santa Catarina registra atividade econômica em altas consecutivas
Foto: Filipe Scotti/Divulgação/Fiesc
Por Joice Quadros Em 20/09/2021 às 13:05

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) divulgou nesta segunda-feira, 20, o Índice de Atividade Econômica (IBC) catarinense, registrando em julho a quarta expansão mensal consecutiva, com variação de 0,83% em comparação com junho. Esta análise é do Observatório FIESC, mostrando um resultado acima da média nacional, de 0,6%, nos dados dessazonalizados. Na comparação com julho de 2020, o avanço foi de 8,8% - o segundo maior crescimento entre os estados brasileiros no período, atrás apenas do Espírito Santo. “Percebemos que o avanço da vacinação no país e a reabertura das atividades está permitindo o crescimento da economia em Santa Catarina e no país. O resultado é um ciclo virtuoso, que vai resultar na retomada de todos os setores da nossa economia”, avalia o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar. No acumulado de janeiro a julho de 2021, a expansão do IBC em Santa Catarina foi de 9,27%, taxa superior à do Brasil, de 6,8%.

De acordo com análise do Observatório FIESC, o comércio foi o segmento que teve maior destaque no período, com expansão de 12,5% no mês de julho na comparação com junho. Conforme o economista Maicon Luiz Brand, o resultado foi puxado principalmente pelo aumento das vendas de outros artigos de uso pessoal e doméstico. No Brasil, a expansão do setor foi da ordem de 1,2%. (Fonte: Assessoria de Imprensa da Fiesc).

Mérito Industrial

O empresário criciumense Ricardo Minatto Brandão, da Brametal, foi indicado pela FIESC para receber a Ordem do Mérito Industrial, em evento que será realizado dia 22 de outubro na sede da entidade, em Florianópolis,SC. Esta é a mais importante condecoração empresarial de Santa Catarina.

A Brametal foi fundada em 1975 na cidade de Criciúma,SC, pelo pai de Ricardo Brandão, o engenheiro Ayrton Egídio de Mattos Brandão, inicialmente para atender ao mercado de construçāo civil.  Atualmente,  é considerada a maior fábrica das Américas para a fabricaçāo de estruturas metálicas para geraçāo e transmissāo de energia elétrica e telecomunicações, com uma capacidade fabril de 200.000 toneladas/ano. (Fonte: Site da Brametal)

Criciúma,SC, 20.09.2021

Joice Quadros. Bacharel em Jornalismo (UFRGS). Pós-graduada em Educação e Gestão Ambiental.  Especialista em Endomarketing e Comunicação Empresarial. Jornalista JP00339SC. Pesquisadora. Autora de livros de pesquisa histórica e biografias. Cadeira 28 da Academia Criciumense de Letras. (48) 99984 9967 joicedequadros@hotmail.com

 

Leia mais sobre: