InternetData CenterAssinante

Como funciona o protocolo de retomada do Campeonato Catarinense? Médico explica

Médico Luis Fernando Funchal, que elaborou o guia, conversou com a coluna
Como funciona o protocolo de retomada do Campeonato Catarinense? Médico explica
Foto: Avaí FC/Divulgação
Por Eduardo Madeira Em 28/04/2020 às 09:05

Comparado a outras competições estaduais, o Campeonato Catarinense é o que está mais avançado no quesito possibilidade de retomada em meio a pandemia do novo coronavírus. Um protocolo de retomada do torneio foi elaborado e encaminhado ao Governo do Estado e há uma grande expectativa para que o sinal verde seja aceso nos próximos dias para o reinício da competição no mês de maio. Mas, afinal de contas, o que esse guia elaborado pela Federação Catarinense de Futebol (FCF) aponta? Como o futebol pode voltar no solo barriga verde? Fomos atrás dessas respostas.

Conversei com o médico Luis Fernando Funchal, coordenador do Departamento Médico do Avaí, que foi o profissional que elaborou o protocolo entregue pela FCF ao Governo do Estado. Ao De Carrinho, ele explica que o documento tem como foco ser um “guia de recomendação”, e não algo impositivo, podendo ser alterado. Segundo o médico que trabalha há mais de duas décadas no clube de Florianópolis, o protocolo elaborado teve como base alguns clubes estrangeiros, especialmente os alemães, que estão ensaiando as retomadas nas últimas semanas. 

Segundo Funchal, o guia não vai ser difícil de aplicar economicamente. “A parte fundamental são as mudanças comportamentais”, frisou. Ah, e bom já deixar avisado: os jogos voltando em maio, serão com estádios sem a presença dos torcedores.

Confira abaixo no podcast o bate-papo com o médico Luis Fernando Funchal: