Cultura

Criciúma

Família ZL apresenta o show "Apologia à paz"

Auditório do Sesc em será o palco para o show de rap

01
JUN
2018
| 19h50
19h50
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

No dia 06 de junho, às 20h, o Auditório do Sesc em Criciúma será o palco para o show de rap “Apologia à paz" coma Família ZL, com entrada gratuita. O grupo criciumense surgiu no início de 2012 a partir de uma parceria entre VianaZL, DiogueraZL, GuiNegãoZL, DJVitinZL, CissoZL e ValcanaiaZL, por serem amigos de criação e de comunidades próximas. A identidade da ZL vem da referência e inspiração pela poesia marginal e o ritmo de rua, improvisação, protesto e originalidade. 

De acordo com o grupo, a poesia da ZL acredita no dia a dia sem armas, sem escravos do vício, do dinheiro ou uns dos outros. Esta mixtape simboliza uma luta para que nenhuma criança passe fome, agressões e abusos e onde os adultos carregam sentimentos e não objetos, nem preconceitos e sim respeito. Onde o Deus está no coração de forma simples longe das estatuas e impérios. “Nossa poesia é o que somos, um pouco do que vivemos e o que queremos viver, caminhamos nesta verdade.Por todos os sonhadores e periferias do Brasil, contra a opressão e as injustiças de um estado corrupto”, salientam os integrantes do grupo.

Serviço:

Data: Dia 06, quarta-feira
Horário: 20 horas
Local: Auditório do Sesc, em Criciúma
Entrada gratuita*

Colaboração: Assessoria de Imprensa Sesc/SC

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Atrações especiais marcam aniversário de oito anos da Feira LivreExperiência de Oração será realizado neste fim de semanaMobilidade urbana norteia debate do Cultura AcicGestantes recebem orientações sobre gravidez e cuidados com os bebêsSuspeitos de cometerem homicídio são presosUnesc comemora 50 anos em evento com a participação da comunidade