navegue nos blocos da capa

Cultura

Festa das Etnias

SD Ballet fará sua primeira apresentação

05
SET
2017
| 21h03
21h03
Redação Portal Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

Após dois anos de aprendizado e ensaios constantes, a turma de Ballet Adulto Iniciante da companhia SD Ballet, fará sua primeira apresentação oficial na Festa das Etnias. O grupo, composto por 12 bailarinas, sobe ao palco do Parque das Nações na noite de 13 de setembro.

“Recebemos o figurino e a partir de agora nossos ensaios serão feitos com a roupa para que todas possam se acostumar e não ter nenhum problema no dia”, explica a diretora da SD Ballet e integrante do Ballet Adulto, Simone Duarte.

Para grande parte das integrantes, esta será a primeira experiência sobre um palco. É o caso de Thisciana Fialho dos Santos que começou a dançar esse ano. Sua filha Isabela, 3 anos, também iniciou a prática do ballet em uma das turmas infantis da companhia. “Foi uma inspiração mútua e nós duas estamos amando. Eu havia dançado quando criança e essa oportunidade é totalmente diferente e maravilhosa. Evoluí muito em concentração, lateralidade, postura e delicadeza. Nossa apresentação vai ser linda”, destaca.

Na infância, Sinara da Silva Cordeiro, desejava ser bailarina. Para ela, a realização do sonho é a prova de que nunca é tarde para colocar em prática aquilo que se almeja. “Estou muito feliz e vir para o ballet é o meu momento. Aqui eu evoluí muito em corpo e mente”, explica Sinara que troca figurinhas sobre a dança com a filha Letícia, de 8 anos.

A turma de Balé Adulto Iniciante apresentará a coreografia Bohemian Rhapsody, inspirada na música homônima da banda britânica de rock, Queen. O coreógrafo, Thalysson Pereira, conta que a ideia foi fazer algo diferente, fugindo dos clássicos contos de fada. “Quis algo mais contemporâneo, inserindo o rock no ballet clássico. A música conta a história de uma mulher que vivencia um luto e embora seja um tema profundo, não é triste, mas é bastante tocante. É uma coreografia mais técnica, de corpo de baile, que exige limpeza dos passos. Essa turma começou a praticar ballet no ano passado e evoluiu muito desde então”, ressalta Thalysson.

Colaboração: Tatiani Longo

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Semana da Baleia Franca começa nesta quinta-feiraGaleria de arte da Acic recebe nova exposiçãoVÍDEO: O terceiro ciclo econômico: do carvão à prestação de serviços e ao comércioVÍDEO: Saiba como separar o seu resíduo e como eles chegam aos catadoresJogadores do Tigre visitam alunos da Educação InfantilExposição Arte, Cultura e Tatuagem chega ao Nações Shopping