InternetData CenterAssinante

Um papo com a Miss Criciúma

Fernanda Rosso vai representar o município no concurso Miss Santa Catarina, neste sábado
Um papo com a Miss Criciúma
Foto: Tudo Eh Festa
Por Milena Nandi Em 25/07/2019 às 12:30

Conheci a Fernanda Rosso, Miss Criciúma 2019, há pouco mais de uma semana. Fomos juradas do concurso para eleger a corte mirim da Festa de Santa Bárbara, em Siderópolis, e o contato que tivemos despertou o interesse de saber mais sobre o universo dos concursos e, principalmente, da pessoa que há por traz da bela figura da Miss. Para além dos seus 1,78m de altura e da make impecável, chamou a minha atenção o sorriso largo, a simpatia e o foco nos estudos da Fernanda. Convidei-a para um papo e ela aceitou na hora.

Fernanda tem 28 anos, é natural de Criciúma, mas mora em Cocal do Sul. Formada em Design de Moda, concluiu recentemente a pós-graduação em Marketing Estratégico. Foi coroada Miss Criciúma 2019 durante evento realizado em fevereiro deste ano e desde então, tem se preparado para representar o município no Miss Santa Catarina 2019, que ocorrerá neste sábado (27/7), em Florianópolis – aliás, você pode acompanhar a preparação e interagir com Fernanda pelo Instagram @fernandatr.

A vencedora irá representar o Estado no Miss Brasil deste ano. Em Santa Catarina, o concurso existe há mais de seis décadas e analisa além da beleza física, o carisma, a simpatia e pede mulheres ligadas ao que acontece além das passarelas. No Sul do Estado, Criciúma teve quatro candidatas eleitas Miss Santa Catarina e Araraguá, uma.

Fernanda, que já participou de diversos concursos de beleza, equilibra os trabalhos na área com duas outras grandes paixões: a moda e o marketing, seus focos de estudo. Dito isso, vamos à entrevista com a Miss Criciúma 2019: 

Cultura em Cena: O que a levou a participar de um concurso de Miss? 
Fernanda Rosso: Vejo como uma oportunidade que você tem, pelo título, de ter uma visibilidade. E com essa visibilidade você pode ajudar e incentivar pessoas. Ser Miss é ser influenciadora. A gente usa o concurso como uma plataforma, mas além de tudo, consegue representar diversas pessoas e principalmente, ajudar. 

Cultura em Cena: O que a coroa e a faixa trazem de responsabilidade?
Fernanda Rosso: No meu reinado como Miss Criciúma já consegui participar de projetos sociais para ajudar crianças necessitadas e hospitalizadas do município. Recentemente, fui madrinha de um projeto maravilhoso, que se chama “Mulheres em Ação”, realizados por Magali Amboni e Lenisa Lessa com o intuito de arrecadar donativos para as instituições de caridade da cidade. Como Miss, você precisa dar bons exemplos e inspirar pessoas a olharem para as outras e fazerem algo diferente. 

Cultura em Cena: A preparação para o Miss Santa Catarina mudou a sua rotina? 
Fernanda Rosso: Desde quando fui eleita, comecei uma nova fase de extrema dedicação e muita disciplina para manter um equilíbrio físico, emocional e intelectual. Durante esses meses, estive engajada nos estudos para a elaboração dos meus projetos sociais, participei de atividades culturais, além de estar totalmente empenhada em atividades físicas, conciliadas com tratamentos estéticos, para manter o corpo em forma. 

Cultura em Cena: Como está a expectativa para sábado?
Fernanda Rosso: Para mim, nesse concurso, o mais difícil é a ansiedade, desfilar para o público e para os jurados, uma vez que o resultado final, que é o grande objetivo da candidata, depende da opinião deles, que muitas vezes nos conhecem muito pouco. E é na passarela que devemos mostrar todo um conjunto que envolve técnica, desenvoltura, intelectualidade e autoconfiança para conquistar o voto. 

Cultura em Cena: Profissionalmente, o concurso de Miss abre portas?
Fernanda Rosso: Ele confere vantagens em eventos e trabalhos. Mas ser Miss não é só cuidar da beleza física. Você tem que estar atualizada sobre tudo o que acontece no país e ter conteúdo, pois pelo posto que ocupa, acaba sendo um exemplo para outras pessoas. Para ser Miss acredito que, além de beleza, simpatia e inteligência, a candidata precisa ter orgulho da cidade que representa e de suas raízes. Estou me dedicando o máximo possível, tendo foco e nunca esquecendo Deus. O sonho só acontece quando se torna um objetivo.

Cultura em Cena: Como é a vida da Fernanda após o Miss Criciúma? 
Fernanda Rosso: Eu estava acostumada com uma vida calma e simples, na qual basicamente trabalhava e estudava. Após ser coroada, comecei a participar de coquetéis, jantares e eventos, sempre levando o nome de Criciúma. Estou sentindo um carinho muito especial das pessoas vibrando e torcendo por mim e muito feliz com o incentivo de meus parceiros nesse desafio. Está sendo uma fase de muito aprendizado e vivências que levarei comigo para sempre e gostaria de estar deixando meu agradecimento a tudo e a todos desde já.