InternetData CenterAssinante

11 de setembro de 2001

Aviões que colidiram com as torres saíram de Boston
11 de setembro de 2001
Foto: WTC
Por André Abreu Em 11/09/2021 às 10:01

Era uma terça-feira com um dia claro muito bonito. Os céus azuis anunciavam um dia muito agradável de outono na região de Boston.

Saí para trabalhar. Nós costumávamos ouvir o rádio no trabalho. Enquanto eu estava me deslocando para o trabalho jamais imaginaria que dois dos aviões que se chocaram com as torres partiriam do Logan, o aeroporto que serve toda a região de Boston e boa parte do nordeste dos EUA. 

Assim quando o primeiro avião bateu às 8h46 o rádio deu um boletim rápido sobre o possível acidente. Era o voo 11, da American Airlines. O pessoal com quem eu trabalhava já comentava que parecia um ataque terrorista. Enquanto o dia transcorria as pessoas se prendiam às telas de TV nos pequenos cafés pela cidade. 

Quando o segundo avião se chocou com a Torre Sul, atingindo os andares 77 a 85, às 9h03, a certeza de um ataque terrorista era total. Um avião se chocando com uma torre poderia ser até um acidente, mas dois aviões se chocando com o que seria mais tarde o Marco Zero da cidade de Nova York, só poderia ser resultado de uma ação planejada.

Mais pessoas se juntavam em frente às TVs em várias lojas e cafés. Havia agora um clima de ameaça sobre o país e se falava que o presidente Bush estava em uma visita em uma escola em Sarasota na Flórida quando foi informado do ataque. O vice-presidente Dick Cheney estava na Casa Branca e seria levado a um bunker 30 minutos depois. Os EUA estavam diante de um cenário novo. Às 9h45 o espaço aéreo do país era fechado. 

As ruas foram esvaziando ao longo do dia. As pessoas foram indo para casa. Os carros pararam de circular. Não se tinha ideia de que as torres iriam cair. Às 9h53, um avião atinge o Pentágono. Às 10h, a Torre Sul cai. Às 10h03 o voo 93 é derrubado num campo no interior da Pensilvânia pelos próprios passageiros em luta contra os terroristas a bordo.   

As pessoas assistiram incrédulas quando a primeira torre desabou. Antes das 10h30 a segunda torre caía diante dos telespectadores

Um clima de tristeza se estendeu por todo aquele dia. Dias sombrios seguiram-se por todo ano. A esperança de legalização de milhões de imigrantes indocumentados nos Estados Unidos morreu também naquele dia. As embaixadas e consulados no mundo inteiro endureceram mais nos processos de vistos. Muitas pessoas tiveram as portas fechadas. Estrangeiros começaram a ser vistos como uma ameaça ao país.

O dia terminou com as imagens das Torres Gêmeas caindo na memória dos norte-americanos.