InternetData CenterAssinante

Universidade de Genebra desenvolve teste para detectar coronavírus

Medida visa conter avanço do vírus
Universidade de Genebra desenvolve teste para detectar coronavírus
Foto: Mast Irham
Por André Abreu Em 02/02/2020 às 18:15

Pesquisadores da Universidade de Genebra desenvolveram um teste para detectar uma nova linhagem do coronavírus que se dissemina pelo mundo a partir da China. 

Em meados de janeiro, pesquisadores do Hospital da Universidade de Genebra (HUG) desenvolveram um teste para o vírus que pode detectar rapidamente se uma pessoa está doente e possa contaminar outros. 

"O vírus foi identificado. Temos agora o seu completo código genético",  afirmou Laurent Kaiser, chefe da divisão de doenças infecciosas do HUG à televisão pública da Suíça. 

O teste é bem simples: com um cotonete retira-se muco da parte de trás da garganta ou das fossas nasais. O teste deve ser aplicado a pessoas que estão retornando de viagem da China e que apresentam sintomas de gripe, dentre eles tosse, febre, dores musculares e dificuldades respiratórias. 

"Se os sintomas são limitados, os pacientes recebem os cuidados comuns. Nossa preocupação é que eles tenham pneumonia", afirmou Kaiser, acrescentando que até então não existe uma vacina ou tratamento contra o novo vírus. 

Leia mais sobre: