InternetData CenterAssinante

Trump tenta influenciar votos no estado do Michigan

Pressão está aumentando nos estados decisivos
Trump tenta influenciar votos no estado do Michigan
Por André Abreu Em 19/11/2020 às 17:32

Depois de fracassar repetidamente nos tribunais para anular os resultados da eleição, o presidente Trump está dando o passo extraordinário de chegar diretamente aos legisladores estaduais republicanos enquanto tenta fazer uma manobra no processo do Colégio Eleitoral, convidando legisladores de Michigan para se reunirem com ele na Casa Branca nesta sexta-feira (20).

Trump entrou em contato com o líder da maioria republicana no Senado do Estado de Michigan para fazer o convite, de acordo com informações do The New York Times.

Alguns analistas jurídicos avaliam que Trump vai tentar forçar que os legisladores troquem os delegados do estado de Michigan. A manobra, considerada impossível legalmente por muitos juristas norte-americanos, que citam a Constituição, avaliam que o presidente Trump está forçando que os legislativos estaduais substituam seus delegados nos estados decisivos para a disputa.  

O convite da Casa Branca para legisladores republicanos em um estado decisivo é o mais recente após a campanha travada por Trump e seus aliados para lançar dúvidas sobre a eleição projetada de Joseph R. Biden Jr.

Isso ocorre no momento em que a campanha de Trump e seus aliados procuram anular os resultados da eleição em vários estados por meio de ações judiciais e intrusões no processo de certificação de votos estaduais, O estado de Michigan tem 16 votos de delegados. 

O próprio Trump entrou em contato pessoalmente com pelo menos uma autoridade eleitoral no Condado (Distrito) de Wayne, Michigan, onde fica a cidade de Detroit. A autoridade eleitoral referida tentou cancelar a certificação dos resultados no condado.