InternetData CenterAssinante

Trump desabafa sobre o impeachment

Presidente celebra, mas mantém tom de confronto
Trump desabafa sobre o impeachment
Foto: DW/Reuters
Por André Abreu Em 06/02/2020 às 20:30

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, celebrou sua absolvição no processo de impeachment durante um discurso na Casa Branca nesta quinta-feira (06/02).

Ele deu o tom da sua fala logo no início. "Isso não é uma entrevista coletiva, não é um discurso, não é nada disso. É uma celebração", afirmou, depois de se apresentar como a vítima de uma "caça às bruxas" iniciada logo após sua vitória, em novembro de 2016.

O presidente também exibiu um exemplar do jornal Washington Post com a manchete "Trump absolvido" e comentou: "E esse foi o resultado final." Ele aproveitou para ironizar: "A única vez que eu tive uma manchete positiva deles."

Trump mostrou ressentimento. "Foi mau, foi corrupto. Eram acusadores sujos, eram denunciantes e mentirosos, e isso jamais deveria acontecer de novo a nenhum outro presidente. Não sei se outro presidente conseguiria suportar tudo isso", declarou ele, em tom exultante, a um público de apoiadores.

"Foi um inferno", disse Trump, que afirmou não ter feito nada de errado. Ele acusou os democratas de agirem de forma maldosa e disse que o processo de impeachment foi uma "situação muito injusta", em meio a aplausos e ovações. "Eles [democratas] querem destruir nosso país, e não podemos deixar isso acontecer", declarou.

No público estavam vários senadores republicanos que votaram pela absolvição de Trump, incluindo o presidente do Senado, Mitch McConnell.