InternetData CenterAssinante

Saiba como Trump foi julgado e absolvido

Processo iniciou na Câmara de maioria democrata
Saiba como Trump foi julgado e absolvido
Foto: Sky News
Por André Abreu Em 06/02/2020 às 06:15 - Atualizado há 1 mês

As datas-chave do processo de impeachment de Trump

Quarta-feira, 5 de fevereiro.

Trump absolvido no processo de impeachment.

Os senadores dos EUA votaram a favor de liberar Donald Trump sob acusaçõesoa  de impeachment na quarta-feira, concluindo o julgamento no Senado sobre suas negociações com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy.

O Senado de maioria republicana votou 52 a 48 para liberar Trump da primeira acusação, abuso de poder. A segunda acusação, obstrução do Congresso, também foi rejeitada com 53 senadores votando "não culpado".

Sexta-feira, 17 de janeiro de 2020.

9:40 - O Senado abriu o terceiro julgamento presidencial de impeachment na história dos EUA. Os julgamentos anteriores foram de Andrew Johnson em 1868 e de Bill Clinton em 1992.

O presidente da Suprema Corte dos Estados Unidos, John G. Roberts Jr., jurou como o juiz responsável por conduzir o processo de forma imparcial. Os senadores assinaram a ata fazendo o mesmo juramento, porém como jurados.

O processo é semelhante ao brasileiro na questão dos papéis de cada um. Câmara fez a investigação que levou ao processo de impeachment, o presidente foi acusado e a leitura do processo foi levada ao Senado. O Senado é a casa onde o presidente Trump é julgado. Testemunhas serão convocadas, e nesse ponto haverá disputa entre republicanos e democratas. 

A grande diferença é que o termo impeachment não significa afastamento do presidente (removal from office), o que acontece só após a votação final do processo no Senado, enquanto no Brasil o afastamento se dá logo após a votação na Câmara. 

 Processo originado na Câmara 

A Câmara abriu o inquérito de impéachmet no final de setembro. Em 18 de dezembro os deputados federais votaram a favor do impeachment de Trump. 

Os deputados federais dos EUA entregaram as duas acusações de impeachment do presidente Donald Trump ao Senado em 15 de janeiro.

Os dois artigos, obstrução do Congresso e abuso de poder,  foram levados ao Senado em uma caminhada solene pelo prédio do Capitólio dos EUA (foto) por um grupo de democratas que atuará como acusação no julgamento.

O julgamento do impeachment no Senado foi o terceiro da história presidencial dos EUA.