InternetData CenterAssinante

Estudantes internacionais enfrentam incerteza nos EUA

Visto F é o próximo alvo da política de imigração de Trump
Estudantes internacionais enfrentam incerteza nos EUA
Foto: Boston University
Por André Abreu Em 09/07/2020 às 08:50

O visto de estudante é uma porta de entrada para os estudantes de outros países nos EUA.

Alguns estudantes estão ligados a faculdades e universidades e outros estão ligados a escolas de inglês. A nova determinação do governo Trump é que as escolas tenham que reabrir para receber os estudantes internacionais de volta às aulas. As escolas que não reabrirem ou que optarem por um modelo misto de ensino (virtual e presencial) ou continuarem totalmente no modo virtual não poderão manter seus estudantes internacionais.

O visto F-1, como é conhecido, é ligado ao estabelecimento de ensino, ou seja, sem a matrícula ativa o estudante internacional terá que sair do país. Há mais de um milhão de estudantes internacionais nos EUA.  A medida começa a valer a partir de setembro quando começa o ano letivo e faz parte de duas estratégias do governo: forçar uma reabertura das escolas e limitar o número de imigrantes no país. 

Aplicada, deve resultar em transferência de estudantes internacionais entre faculdades e escolas e também, em último caso, na saída do estudante internacional do país. Os estudantes devem consultar as suas universidades para orientação sobre o que podem fazer para não comprometer seu status legal nos EUA. 

A medida não atinge as escolas de inglês por que elas não podem adotar o modo virtual de aulas, sendo obrigadas por lei federal a adotarem cursos totalmente presenciais.