InternetData CenterAssinante

Eleições nos EUA: Flórida pode definir vencedor da corrida presidencial

Estado tem 29 votos eleitorais e é considerado decisivo por analistas políticos
Por André Abreu Em 25/10/2020 às 11:32

O Presidente Trump depositou seu voto neste fim de semana no estado da Flórida, onde tem residência. O republicano disputa a reeleição e sabe que o estado define o vencedor desde 1992. Historicamente, quem vence no estado acaba se tornando o presidente eleito dos EUA no dia 3 de novembro.

O estado já teve destaque internacional muito amplo por conta da recontagem de votos em 2000. O democrata Al Gore disputava as eleições contra o republicano George W. Bush. As cédulas da Flórida foram recontadas 3 vezes e deram vitória de 300 votos ao republicano. Um último pedido de recontagem foi feito, mas cancelado pela Suprema Corte dos EUA. 

Biden tem uma vantagem estreita no estado da Flórida em relação a Trump (Biden: 48%; Trump 47%). As pesquisas nacionais estão indicando uma margem maior para o candidato democrata, mas dentro do sistema constitucional do Colégio Eleitoral, estes números podem desaparecer. Pesquisas em estados-chave são instrumentos mais detalhados e usados nas decisões de campanha e dos candidatos.  

Trump tem visitado seu resort na Flórida durante toda a campanha. Sua estratégia de campanha é incentivar o registro de novos eleitores no estado para atrair norte-americanos da classe trabalhadora que não votavam anteriormente. 

“Se Joe Biden vencer na Flórida, vai ser muito dfícil para Donald Trump obter os 270 votos do Colégio Eleitoral necessários para vencer a disputa,” disse o pesquisador republicano Whit Ayres da empresa de consultoria North Star Opinion Research. Se Trump vencer na Flórida, Ayres disse, Biden ainda tem outras rotas, aina que mais apertadas para conseguir esses votos.

A comparison of Florida polls in 2020 and 2016

Gráfico da Voz da América reproduz pesquisa de 2016 e atual no estado da Flórida com 29 votos eleitorais.