InternetData CenterAssinante

Ataque de terror em Londres - últimas informações

Terrorista recém havia sido liberado da prisão
Ataque de terror em Londres - últimas informações
Foto: Contexto internacional
Por André Abreu Em 02/02/2020 às 18:27 - Atualizado há 1 ano

Um terrorista esfaqueou duas pessoas em Londres antes de ser morto pela polícia. 

Segundo informa a Sky News, o terrorista era um homem de Harrow chamado Sudesh Amman, 20 anos. Ele foi solto da prisão há poucos dias, depois de cumprir metade de uma sentença de mais de três anos por espalhar propaganda extremista. 

Informações recentes da polícia dizem que ele tinha fascinação por morrer em nome do terrorismo. 

Preso aos 18 anos em dezembro de 2018, Amman foi libertado após cumprir parte de sua sentença de três anos e quatro meses, mas foi considerado de alto risco suficente para estar sob monitoramento especial da polícia.

No domingo (02) ele usava um colete de bomba falso quando esfaqueou duas pessoas em Streatham, antes de ser perseguido e morto a tiros pela polícia..O terrorista estava sob vigilância policial ativa no momento do ataque, apurou a Sky News.

Acredita-se que as facadas tenham relação com os extremistas islâmicos, conforme declaração da vice-comissária assistente da Polícia Metropolitana, Lucy D'Orsi.

Uma testemunha do ataque disse à Associated Press que o homem estava carregando um facão e "cápsulas de prata no peito". A testemunha disse que o suspeito foi baleado perto de uma farmácia e no distrito londrino de Streatham após uma perseguição a pé.

O Serviço de Ambulância de Londres disse que os primeiros socorristas chegaram para tratar os feridos dentro de 4 minutos após serem chamados às 13:58, horário local.

O primeiro-ministro Boris Johnson declarou: "Obrigado a todos os serviços de emergência que responderam ao incidente em Streatham, que a polícia declarou agora como relacionada ao terrorismo. Meus pensamentos estão com os feridos e todos os afetados". 

O prefeito de Londres, Sadiq Khan afirmou que os terroristas procuram dividir e destruir o modo de vida da cidade, mas eles jamais terão sucesso.

Londres tem sido repetidamente alvo de ataques terroristas nos últimos anos, incluindo um ataque com faca perto da ponte de Londres, em novembro, que deixou dois mortos antes que o agressor fosse morto pela polícia. O ataque foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

As vítimas

Duas pessoas foram esfaqueadas - uma delas está em risco de vida no hospital. Uma terceira pessoa foi tratada por ferimentos leves que se crê terem sido causados ​​por vidros após tiros da polícia.

 

.

 

 

 

Leia mais sobre: