InternetData CenterAssinante

Aliado de Trump é sentenciado a 40 meses de prisão

Roger Stone obstruiu investigação do Congresso sobre a Rússia
Aliado de Trump é sentenciado a 40 meses de prisão
Foto: USA Today
Por André Abreu Em 20/02/2020 às 18:52 - Atualizado há 1 mês

Roger Stone, aliado de Trump, foi condenado a 3 anos e 4 meses de prisão nesta quinta-feira (20).

Ele foi considerado culpado de mentir para investigadores durante a investigação sobre a interferência da Rússia na eleição presidencial de 2016.

A juíza Amy Berman Jackson disse que as mentiras de Stone representavam "uma ameaça para nossa democracia."

"Ele não foi processado - como alguns reclamaram  - por defender o presidente. Ele foi processado por encobrir o presidente," Jackson disse.

O tempo de prisão de Stone foram bem menos do que os promotores federais que começaram e tocaram o processo queriam: sete a oito anos.

Eles deixaram o caso na semana passada depois da intervenção do Ministro da Justiça (no sistema legal dos EUA, os promotores respondem ao ministro, que também é o Procurador-chefe federal). 

O presidente Trump protestou junto ao Ministro William Barr que não considerava a sentença de sete a nove anos justa para o caso.

Trump poderá reduzir a pena de seu aliado usando seus poderes constitucionais. Esta é uma prática comum dos presidentes norte-americanos, republicanos ou democratas.