InternetData CenterAssinante

Prefeito e Defesa Civil Municipal visitam agricultores para verificar situação dos bananais

Esse tipo de plantação é a que deve sofrer mais por conta de onda de frio intenso
Prefeito e Defesa Civil Municipal visitam agricultores para verificar situação dos bananais
Foto: Jessica Rosso Crepaldi
Por Redação Em 30/07/2021 às 15:59

Na manhã desta sexta-feira, dia 30, o prefeito de Siderópolis, Franqui Salvaro, acompanhado do coordenador da Defesa Civil Municipal, Roni Lilo Remor, percorreu os bairros Montanhão, Rio Kuntz e Vila Macarini para verificar a situação dos bananais por conta da geada que atingiu o município e região nestes últimos dias. Esse tipo de plantação é a que deve sofrer mais, segundo os climatologistas da região explicaram ao longo da semana, enquanto falavam da previsão. O frio mais intenso estava previsto para acontecer no início da manhã de hoje.

O prefeito conversou com os produtores de bananais, que devem sofrer prejuízos. Todos relataram que a perda deve ser contabilizada dentro dos próximos 10 dias. “A maior preocupação é que essa seja a ‘Geada Negra’. O último episódio como esse ocorreu no ano de 2000, e causou muitos prejuízos para os nossos produtores de banana. Teve quem perdeu toda a plantação na época”, explicou Salvaro.

A família de José Valdati, que tem oito hectares de banana, foi uma das atingidas em 2000, sendo que após aquele episódio ficou um ano sem produção. Agora, com essa onda de frio, o casal e a filha torcem para que não venha mais frio. “Dependemos muito disso para viver”, disse a filha do agricultor, Camila Valdati. A família conta que já está tendo prejuízo desde o início do inverno, e que mesmo colocando plástico ao redor do cacho de banana na tentativa de proteger contra o frio, ainda há perdas na plantação.

Ainda na comunidade do Montanhão, a família do agricultor Valmir De March, com uma plantação de banana de 20 hectares, também tenta amenizar o prejuízo cobrindo os cachos. Por lá o prejuízo também deve ser contabilizado nos próximos dias.

Legenda da foto: coordenador da Defesa Civil, Luiza Sangaleti De March (esposa de Valmir De March) e prefeito.

O agricultor Aldo Zanin, morador do bairro Rio Kuntz, que possui juntamente com outros dois irmãos, cerca de 60 a 70 hectares de plantação de banana, explica que a temperatura abaixo de 0ºC já prejudica a plantação. “Perde a qualidade e não tem como agregar valor. Além disso, o consumidor terá que pagar mais caro”, disse o agricultor que adiantou um carregamento no dia de ontem, visto que o amanhecer de hoje seria mais frio, podendo causar um prejuízo maior.


O coordenador da Defesa Civil Municipal de Siderópolis, Roni Lilo Remor, informou que o município não teve ocorrências durante as últimas três noites, envolvendo pessoas em vulnerabilidade social. Ele relembrou ainda que nas últimas semanas foram realizadas várias ações pelo Governo Municipal, através da Secretaria de Assistência Social e Defesa Civil para o enfrentamento da situação climática.

Colaboração: Assessoria de Imprensa  - Jessica Rosso Crepaldi