navegue nos blocos da capa

Circuito PET

Nova Veneza

Nem as casinhas de cachorro escapam dos vândalos

19
ABR
2017
| 15h18
15h18
Denis Luciano
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

Empolgados, os voluntários da ONG Patas Felizes proporcionaram, a partir de julho do ano passado, uma forma diferente de abrigar os cães de rua em Nova Veneza. Casinhas encomendadas de uma empresa de Rio do Sul, e pagas com doações e apoios de empresários, foram instaladas pela cidade. Mas nem elas escaparam do vandalismo.

“Na primeira etapa instalamos 40 casas. Hoje restam umas 25. O resto das casas sumiram”, lamenta a voluntária Caroline Pacheco. Todas foram parafusadas ao chão, justamente para garantir que não seriam removidas. “Mas mesmo assim foram. E olha que todas foram postas em locais públicos com circulação de pessoas”, comenta.

Entre as que restaram, estão as casinhas da academia ao ar livre e do ginásio do Caravaggio e da academia do estádio Darci Marini, no bairro Bortolotto. “As que ficaram atendem bem a demanda. Os cães gostaram e se abrigam nelas quando chove, quando faz frio”, destaca Caroline. As casinhas foram feitas em material 100% reciclado e resistentes a chuvas e variação de temperatura. “Pedimos que as pessoas cuidem as que restaram”, conclui a voluntária.

Leia mais sobre:
Circuito Pet
Gostaria de registrar uma ocorrência?
imagens recentes no Portal
Tigre decepciona galera carvoeiraSemana de Ciência e Tecnologia promove o 2º Workshop de ArqueologiaFim de tarde de engavetamentos em CriciúmaEstudantes recebem certificados do projeto Turminha do FuturoProfissionais reforçam atrações na ExpoMaisAcic recebe quase 600 estudantes para a 2ª etapa do Prêmio de Matemática