Cinema

Crítica

'Os Guardiões' virou uma tentativa desastrosa de ser um 'Vingadores' russo

Falta de originalidade e qualidade afetou a trama

31
JAN
2018
| 20h30
20h30
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

Especial - Felipe Rodrigues

Os gêneros de filmes lançados pela indústria do cinema são pensados basicamente pela probabilidade do sucesso de bilheteria ou crítica que o longa pode alcançar. Entre os filmes de sucesso já tivemos tramas militares, artes marciais, mitológicas, mágicas e muitas outras. O gênero em ascenção atualmente é o de super-herói.

Filmes de heróis sempre existiram, porém em 2008 e 2012 tiveram um determinado destaque, criando assim a “onda” de filmes que conhecemos atualmente. Não que isso seja algo negativo. Pelo contrário. Quando o filme é bem feito, é algo muito interessante e cativante. Não é o caso de Os Guardiões.

Embarcando em uma onda mais realista, o filme apresenta quatro seres extraordinários reunidos por uma agência militar secreta para deter um vilão que é, na verdade, o cientista responsável por lhes dar poderes. Sim, é uma história bem clichê. Isso ficou ainda pior com a péssima atuação do elenco, principalmente dos quatro heróis, que são um homem urso, uma mulher invisível, um super ninja e um controlador de pedras.

Durante todo o tempo, ouvimos que eles têm superpoderes e que são uma equipe, e temos uma tentativa falha de aprofundar os personagens. Também podemos considerar o vilão um erro. Ele não funciona e acaba sendo ridículo.

ALERTA DE SPOILER

Tudo bem que é uma ficção, mas as soluções para resolver os problemas são totalmente sem sentido, como todos concentrando seus poderes em uma rajada de energia para derrotar o vilão, sendo que nenhum dos integrantes do grupo pode produzir ou disparar energia. Fora as tentativas de piadas totalmente sem graça. Também falham ao colocar um urso com uma metralhadora giratória à luz do dia, deixando evidente a computação gráfica.

A trama em si não é ruim, porém a falta de originalidade e qualidade afetou muito, e muito mesmo, o resultado final. Os Guardiões acabou se tornando uma tentativa descarada de Vingadores russo, fazendo uma mistura errada de tudo que já vemos dentro desse gênero. O longa se tornou, de certa forma, ofensivo para os fãs de filmes deste gênero.

Leia mais sobre: cinema, crítica
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Quer auxílio para aliar a prática esportiva a uma alimentação balanceada?Acélio Casagrande assume presidência regional do ConassCriciúma sediará 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais em 2019Inscrições abertas para a 3ª Meia Maratona Caixa CriciúmaCom ajuda de rastreador, veículo é recuperado 40 minutos após o rouboPolícia recupera R$ 120 mil, mas suspeitos seguem foragidos