InternetData CenterAssinante

Secretário de Finanças de Forquilhinha fora do governo

Movimento é provocado pelo prefeito Dimas Kammer que distancia-se de Lei Alexandre
Secretário de Finanças de Forquilhinha fora do governo
Por João Paulo Messer Em 16/06/2020 às 15:39

Em Forquilhinha são fortes os movimentos em relação a eleição. Depois de abrir mão de disputar a reeleição, em favor do ex-prefeito Lei Alexandre (PP),  o prefeito Dimas Kammer (PP) começou o que internamente estão chamando de "limpar a turma do Lei na prefeitura". Isso descola o governo do candidato do PP. Hoje Dimas nem foi à prefeitura e segue evitando a imprensa até que todos os movimentos que precisam ser feitos estejam concretizados. O Secretário de Finanças e Administração, Ademir Brandieli Pedro, que é um dos mais fiéis homens da relação de Lei Alexandre já se despediu de todos e limpou gavetas. Aguarda-se para as próximas horas o mesmo com o presidente municipal do PP, Fabrício Ferreira.

Outro fato que está gerando especulações de bastidores é o resultado de uma reunião que Dimas Kammer teve com o pré-candidato a prefeito pelo PL, Geovane de Godoy. É dada como certa a manifestação de Dimas em favor da candidatura do amigo. Ocorre que Godoy tem um impedimento em virtude de um processo de 2012, que pode tirá-lo da disputa. Seus advogados garantem que não.

Forquilhinha tem ainda a candidatura de José Cláudio Gonçalves, Neguinho (PSD), que trabalha para agregar com um vice que "desequilibre". Este fato aconteceria se o deputado Júlio Garcia (PSD), padrinho de Neguinho conseguir convencer o colega deputado Rodrigo Minotto (PDT) a fazer aliança com Maciel Da Soler (PDT), que hoje é candidato a prefeito. Nesta aliança poderia estar ainda o PSL do governador Carlos Moisés, que apesar de ensaiar candidatura própria tem o fato de Minotto ter boa relação com o governador.