InternetData CenterAssinante

Deputado acusado de violência doméstica

Caso foi registrado no Balneário Rincão
Deputado acusado de violência doméstica
Por João Paulo Messer Em 15/01/2020 às 23:29

Um Boletim de Ocorrência relatando violência doméstica, que teria sido praticada pelo deputado federal Daniel Freitas (PSL), no sábado no Balneário Rincão, agitou o ambiente político desta quarta-feira. A notícia vazou pelo portal de notícias “ndonline” da capital do Estado, já que este tipo de processo corre em segredo de Justiça. A existência do BO, porém, foi confirmada pelo delegado regional de polícia Vitor Bianco Júnior, que evitou qualquer comentário além da existência do registro.

Ainda nesta quarta-feira o gabinete do deputado emitiu uma nota oficial admitindo o que teria sido uma discussão política iniciada entre o parlamentar e o seu sogro, mas, segundo a nota situação já contornada. Episódios como este, entretanto, não costumam restringir-se ao ambiente familiar ou mesmo local, quando envolvem figura pública.

Este é um tipo de situação que não oferece as mínimas informações para que se possa fazer qualquer análise, já que se deu em ambiente familiar, onde estes fatos costumam evoluir para entendimentos as vezes surpreendentes. Além disso havemos de entender que as partes merecem respeito de quem noticia e analisa fatos públicos. Este é um caso restrito ao ambiente familiar do deputado. É o que penso.

 

NOTA OFICIAL

O Deputado Federal Daniel Freitas vem, por meio desta nota oficial, manifestar-se sobre as informações inverídicas que estão circulando sobre uma “suposta agressão” praticada por ele contra sua esposa.

 

O deputado federal Daniel Freitas afirma que em momento nenhum agrediu fisicamente sua esposa. O fato deu-se por motivações políticas entre ele e seu sogro, relacionadas à divergências partidárias, e que durante uma discussão os dois (Deputado e seu sogro) entraram em vias de fato, resultando na intervenção de sua esposa no ocorrido, na tentativa de acalmar as partes.

 

O parlamentar enfatiza, ainda que, a situação foi ocasionada pelo calor do momento, eles mantém uma ótima relação, ressaltando que seu sogro é um homem honrado e de bem; inclusive já conversaram e, através de um pedido sincero de desculpas ao seu sogro e sua esposa, voltaram a se entender.

 

Segundo o Deputado, com sua educação baseada nos princípios cristãos, jamais submeteria sua esposa e seus filhos a qualquer tipo de humilhação física ou psicológica e que, como marido e pai, sempre pautou a criação dos seus filhos no amor e nos valores; mantendo o casal, em um clima harmônico e de ainda mais união.

 

Comunicamos que, até o momento, o deputado não foi notificado ou intimado, estando à disposição da justiça para prestar quaisquer esclarecimentos.

 

O Deputado pede ainda, que sua família, bem como a de sua esposa, sejam respeitadas, pois desentendimentos acontecem em todos os lares; porém, a admiração mútua, sempre será mantida.